Adoçantes ou açúcares artificiais realmente ajudam a emagrecer?

Compartilhar no WhatsApp!

Nutricionista Fernanda Brunacci responde as principais dúvidas


(Foto: Getty Images)

Os adoçantes podem apresentar um poder de dulçor até 300x superior ao açúcar e com isso a quantidade usada é pequena

O ano começando e com ele as promessas de emagrecer, ter uma alimentação saudável e mudar os hábitos alimentares. Entre as dúvidas das pessoas estão quais os tipos de adoçantes que realmente ajudam a emagrecer e não são prejudiciais à saúde. A Nutricionista Fernanda Brunacci, da ViBe Saúde- APP de Saúde digital, responde às perguntas mais frequentes sobre esse tema.


Que tipos de adoçantes existem?


Os edulcorantes podem ser naturais ou artificiais. Dentre os naturais, os mais comuns são: eritrol, manitol, stevia e xilitol. Dentre os artificiais: aspartame, sacarina, sucralose, ciclamato.


Qual a principal diferença entre os adoçantes e o açúcar normal?


A principal diferença é o poder de dulçor. Os adoçantes podem apresentar um poder de dulçor até 300x superior ao açúcar e com isso a quantidade usada é pequena. Um grama de açúcar oferece 4kcal, ou seja, uma colher de chá oferece em torno de 20 kcal. Já um sachê de adoçante tem um valor calórico mínimo.


Trocar o açúcar pelo adoçante ajuda a emagrecer?


A substituição pode ser uma alternativa na perda de peso, todavia se a pessoa consome pouca quantidade de açúcar no dia a dia e não tem diabetes, muitas vezes não há necessidade da troca, sendo viável - num plano alimentar hipocalórico - manter o açúcar do cafezinho ou do suco. O mais importante é a pessoa mudar seu paladar e rever seu consumo de doces. De pouco irá adiantar adoçar um suco com edulcorante e consumir sobremesa diariamente. Minha orientação, para pessoas não diabéticas, é o consumo de sucos e bebidas com pouco ou nenhum açúcar. Se a pessoa ingere grande quantidade de sucos, chás, café e não se adaptar à exclusão do açúcar os adoçantes são a solução.


Açúcares tipo demerara ou magro são menos ou mais saudáveis que adoçante?


Os açúcares brancos como o refinado, cristal e de confeiteiro são aqueles que passaram por vários processamentos e não conservam nenhum micronutriente. Já o açúcar demerara passa por um refinamento, preservando um pouco de micronutrientes. A forma mais bruta do açúcar, o mascavo, não passa por nenhum processo de refinamento, sendo a forma mais saudável para consumo.


Os adoçantes podem trazer algum risco à saúde?


Os adoçantes não trazem riscos eminentes à saúde. Todo adoçante hoje no mercado é seguro desde que consumido dentro dos valores indicados pelo médico ou nutricionista. Os edulcorantes como a stevia, sucralose, sacarina e xilitol podem alterar a microbiota intestinal e causar um leve desconforto. Nenhum excesso alimentar é saudável, nem de adoçante e nem de açúcar!


Quem possui diabetes deve optar por qual tipo de adoçante/açúcar?


Pacientes que são diabéticos podem usar adoçantes, sempre com moderação e desde que não estejam gestantes.


Fonte: VGCOM 

Adoçantes ou açúcares artificiais realmente ajudam a emagrecer?  Adoçantes ou açúcares artificiais realmente ajudam a emagrecer? Reviewed by Redação on 1/06/2021 06:06:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-