Governo de SP retoma obras da Linha 15-Prata

Estações Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus devem ser entregues à população até o fim deste ano

(Foto: divulgação / Governo de SP)
Visita técnica marcou a retomada das obras para conclusão de quatro estações: Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus
O Governador João Doria e o Secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, vistoriaram nesta segunda-feira (22) a futura Estação São Mateus, da Linha 15-Prata do Monotrilho. A visita técnica marcou a retomada das obras para conclusão de quatro estações: Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus, que devem ser entregues até o fim deste ano. Com essa etapa concluída, a linha vai atender em torno de 350 mil passageiros por dia útil, em 13 km de extensão e dez estações.

“Viemos fazer uma supervisão das obras da Linha 15-Prata, do Metrô, que foi reiniciada. A obra está em curso e deverá ser concluída até 31 de dezembro e, em janeiro, iniciam as operações do Monotrilho aqui para a zona leste, da cidade de São Paulo. Além disso, essa revitalização vai trazer também mais movimento no comércio varejista e vai impactar na geração de novos empregos na região”, disse o Governador.

Para finalizar as estações, o Metrô precisou relicitar as obras, após rescindir o contrato com a empreiteira Azevedo & Travassos e aplicar multas de mais de R$ 7 milhões por abandono dos serviços.

A nova empresa contratada é a STER Engenharia, no valor de R$ 47,5 milhões, que também vai concluir a implantação da ciclovia e do paisagismo sob o traçado do monotrilho.

Outro avanço importante anunciado recentemente para a Linha 15-Prata foi a assinatura do contrato com a empresa Somague Engenharia, que venceu a concorrência para a construção da Estação Jardim Colonial. As obras devem começar nas próximas semanas e a estação está programada para ser aberta em 2021.

Quando a linha estiver completa até Jardim Colonial deverá atender mais de 400 mil passageiros por dia. Serão 15,3 km e 11 estações, com integração à Linha 2-Verde do Metrô, na Estação Vila Prudente, e três terminais de ônibus - Vila Prudente, Sapopemba (da SPTrans) e o terminal São Mateus do Corredor Metropolitano ABD (São Mateus/Jabaquara), gerenciado pela EMTU/SP.

O investimento total para a construção da Linha 15-Prata, que interliga a Vila Prudente ao Jardim Colonial, é de R$ 5,2 bilhões.

Linha 15-Prata

Com tecnologia de monotrilho, a Linha 15-Prata iniciou sua operação em agosto de 2014, entre as estações Vila Prudente e Oratório, com 2,9 km de extensão, contando com o pátio de manutenção e estacionamento de trens.

Em abril de 2018, foram entregues mais 5,5 quilômetros de trilhos, com as estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União. Em janeiro deste ano, essas estações passaram a funcionar em horário integral, das 4h40 até meia-noite de domingo a sexta, e até 1h, na madrugada de sábado para domingo.

Fonte: Secretaria dos Transportes Metropolitanos
Governo de SP retoma obras da Linha 15-Prata Governo de SP retoma obras da Linha 15-Prata Reviewed by Redação on 4/22/2019 04:40:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-