Campanha Nacional de Vacinação: gestantes estão no grupo prioritário para o recebimento de imunização

Período para vacinação contra o vírus da gripe vai de 10 de abril a 31 de maio no Sistema Público de Saúde

(Foto: Getty Images)
Muitos dos casos críticos de gripe acontecem nas gestantes
"Os sintomas da gripe na mulher grávida costumam ser mais preocupantes que do que acontece para outras pessoas em geral", diz o presidente da Comissão Nacional Especializada de Vacinas da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), Dr. Julio Cesar Teixeira.

Segundo o especialista, não há nenhuma contra indicação das vacinas para as gestantes, podendo ser aplicadas em qualquer período da gravidez, inclusive após o parto. "Os anticorpos produzidos pela mãe são transferidos para o bebê e ele fica protegido. Eles também podem ser transferidos pelo leite materno no período da amamentação. Os bebês são mais vulneráveis, então a vacinação na gravidez é muito importante porque a gripe durante a gestação tem maior risco de evolução grave", explica o médico.

Muitos dos casos críticos de gripe acontecem nas gestantes. Na mulher grávida, por ter seu sistema de defesa diminuído, a influenza evolui rapidamente e de forma mais grave, inclusive correndo risco de óbito.

O especialista adverte que a não vacinação das gestantes pode resultar na exposição da criança ao vírus da gripe após nascer e ainda sem os anticorpos protetores, além de as gestantes poderem apresentar um possível quadro de insuficiência respiratória, que costuma evoluir em torno de seis a doze horas. O mesmo vale para os indivíduos mais velhos acima de 60 anos e aos mais jovens com doenças crônicas.

A vacina está disponível no Sistema Único de Saúde, SUS, para grupos especiais, como as gestantes e nas clínicas privadas para mulheres de todas as idades. Protege por um ano, pois o vírus se modifica nesse período, sendo necessária a revacinação contra os novos que surgirem.

O Dr. Júlio César Teixeira reitera que a vacina não causa doença; é segura por possuir somente partículas do vírus e que por isso pode ser aplicada em grávidas em qualquer momento e até mesmo em pessoas com imunidade baixa, embora a proteção possa ser menor.

Fonte: Acontece Comunicação e Notícias 
Campanha Nacional de Vacinação: gestantes estão no grupo prioritário para o recebimento de imunização Campanha Nacional de Vacinação: gestantes estão no grupo prioritário para o recebimento de imunização Reviewed by Redação on 3/26/2019 03:01:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-