Cinco dicas para turbinar o seu CV

Compartilhar no WhatsApp!
Saiba o que fazer para chamar a atenção dos recrutadores

(Foto: Getty Images)
Descrever no CV as atividades que o profissional desempenhou em cada cargo que já ocupou é importante, mas pode não ser suficiente para chamar a atenção
É inegável que um currículo claro e bem estruturado aumenta as chances de um candidato a uma vaga de emprego conseguir uma entrevista. Mas, para ter um CV que realmente chame a atenção dos recrutadores, algumas dicas fáceis de serem colocadas em prática podem ajudar.

O instrutor Eduardo Giansante, da Udemy, o maior marketplace de cursos online do mundo, é especializado em carreira, dá cursos sobre o tema e contou o que os profissionais devem fazer para turbinar os seus currículos. Leia a seguir.

Mostre os resultados que você conseguiu para as empresas para as quais já trabalhou

De acordo com Eduardo, descrever no CV as atividades que o profissional desempenhou em cada cargo que já ocupou é importante, mas pode não ser suficiente para chamar a atenção. Ele recomenda usar a metodologia “Desafio, Ação e Resultados”, do inglês “Challenge, Action and Results”.

Ou seja, além de relatar as funções que cumpria (como prospecção de novos clientes), o profissional deve explicar por que cumpria essas funções (para aumentar o número de clientes da empresa e bater as metas anuais) e que resultados o seu trabalho gerou (conquistou cinco novos clientes num ano e ajudou a aumentar as receitas da empresa em 15%, por exemplo).

Deixe a seção “objetivo” de fora – e inclua um resumo da sua trajetória profissional

Um currículo com a seção “objetivo” pode parecer antiquado e limitado aos olhos dos recrutadores, segundo Eduardo. “Dependendo do que está escrito na seção, o profissional pode fechar portas para trabalhar em outras áreas da empresa, por exemplo”, diz ele.

Uma alternativa mais eficaz é adicionar um resumo profissional logo depois das informações pessoais e de contato, onde ficaria a seção “objetivo”. Basta escrever algumas linhas, como “Engenheiro mecânico com cinco anos de experiência e pós-graduação em Gestão de Projetos” ou “Profissional de relações públicas especializada no segmento financeiro”.

Não esqueça de adicionar cursos livres e certificações

Muitos profissionais podem não considerar cursos livres e certificações como dignos de serem mencionados no CV, pois não são experiências remuneradas. Mas, de acordo com Eduardo, todas as habilidades de um candidato que possam ser aproveitadas pelo empregador devem, sim, estar no currículo.

Além disso, o profissional pode adicionar nessa seção os resultados que atingiu para as empresas que trabalhou por ter aprendido aquela habilidade. Por exemplo, “com o conhecimento em Microsoft Excel VBA, passei a gerenciar planilhas de orçamento de forma mais rápida e eficiente e automatizar o meu trabalho”.

Adicione também as suas principais soft skills

Atualmente, muitos empregadores consideram que as habilidades comportamentais, conhecidas como soft skills, são tão importantes quanto as competências técnicas. Por isso, habilidades como comunicação, pensamento crítico, gestão de tempo, persistência e adaptabilidade devem ser mencionadas no currículo – assim como saber utilizar softwares específicos, um exemplo de habilidade técnica.

Um estudo recente da Udemy, o “2020 Workplace Learning Trends”, mostra que as três soft skills que mais devem crescer em demanda em 2020 são mentalidade voltada ao crescimento, criatividade e foco.

Edite o seu CV de acordo com a vaga para a qual você está se candidatando

Para dar match com um empregador, às vezes não basta ter as competências necessárias para a vaga. É preciso também falar a língua da empresa — adaptando alguns termos, por exemplo. Se o profissional foi redator numa empresa jornalística e está buscando uma vaga de repórter noutra, pode adaptar a função anterior para repórter, segundo Eduardo. “Isso funciona desde que sejam funções muito parecidas, é claro”, explica ele.

Também é possível deixar algumas experiências de fora do currículo. “Se, antes de ser arquiteta, a pessoa foi babá e a experiência não é relevante para o cargo a que ela está se candidatando, pode deixar a informação de fora do CV”, diz ele.

Fonte: Marco Agency
Cinco dicas para turbinar o seu CV Cinco dicas para turbinar o seu CV Reviewed by Redação on 7/06/2020 05:46:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-