Leia 10 perguntas sobre implante de silicone nos seios


Telenotícias Entrevista: Dr. Edson Prata Jr.

(Foto: Getty Images)
O cirurgião plástico Dr. Edson Prata Jr. explica sobre o procedimento de aumento das mamas. Na  maioria dos casos a cirurgia é rápida, o pós-operatório é ameno, o retorno às atividades é precoce e os resultados são imediatos.




(Foto: divulgação)
Dr. Edson Prata Jr.
1) TN - Quando deve ser indicada a cirurgia?
É indicada para o aumento das mamas, em pacientes com pouco tecido mamário ou em pacientes que desejam um volume adicional. Também pode ser uma opção para correção de flacidez discreta das mamas em alguns casos.

2) TN - Como é feita a avaliação?

Dr. Edson Prata Jr. - Na avaliação é importante relacionar os desejos da paciente com as possibilidades e limitações. Medidas do tórax, das mamas, das aréolas, da elasticidade da pele, e da quantidade de tecido mamário existente, assim como o biótipo, fornecem dados importantes na escolha da prótese ideal.

3) TN - O formato e tamanho das próteses variam de acordo com o biótipo da pessoa?

Dr. Edson Prata Jr. - Sim. Hoje em dia existem diversos tipos de prótese para melhor se adequar aos diferentes biotipos. É muito comum nas consultas médicas a paciente chegar e dizer que deseja uma prótese de "tantos mL", tomando por base amigas ou artistas que já realizaram a cirurgia, das quais gostaram do resultado. É importante ressaltar que as pessoas apresentam medidas diferentes, e a forma e o volume da prótese de uma pessoa pode não ficar bem em outra.

4) TN - A escolha do formato da prótese deve ser feita sob orientação do cirurgião ou é a paciente que escolhe?

Dr. Edson Prata Jr. - A escolha é conjunta, ou seja, a paciente relata qual a sua expectativa, e o cirurgião usa de sua experiência e de seu bom senso para selecionar o implante e a técnica cirúrgica, de modo a obter o resultado esperado. O uso de imagens ou fotos de pré e pós operatórios de outras pacientes com um mesmo biótipo auxilia muito na escolha.

5) TN - Como é feita a colocação das próteses?

Dr. Edson Prata Jr. - O implante pode ser colocado por via axilar, submamária (pelo sulco da mama), areolar, ou por uma cicatriz pré-existente na mama. Esta prótese pode ser posicionada em três diferentes planos dentro da mama: subglandular (abaixo da glândula mamária), subfascial (abaixo da fascia do músculo peitoral) e submuscular (abaixo do musculo peitoral).

6) TN - Como é feita a escolha do plano da prótese?

Dr. Edson Prata Jr. - Em geral, de acordo com a quantidade de tecido mamário da paciente. Tem-se dado preferência ao plano cirúrgico subfascial, que situa-se acima do músculo e abaixo da fascia peitoral (composta por um tecido fino, mas resistente). As próteses colocadas neste plano possuem algumas vantagens. Os resultados são mais naturais e mais permanentes do que as próteses colocadas abaixo da glândula mamária. Existe uma integração mais rápida entre o implante e a paciente, fazendo com que, em um período reduzido de tempo, a paciente esqueça que há um prótese em sua mama. O espaço submuscular (abaixo do músculo peitoral), que tem um pós-operatório pouco mais doloroso e com mais restrições a movimentação, fica indicado para aquelas pacientes que apresentam muito pouco tecido mamário, onde existe a possibilidade de ocorrer um aspecto artificial, mesmo no plano subfascial.

7) TN - Quais são os cuidados necessários antes da ciurgia?

Dr. Edson Prata Jr. - São necessários exames laboratoriais (sangue/urina) e de imagem (ultra-som das mamas/mamografia), e uma avaliação com um cardiologista. No dia da cirurgia, a paciente deve estar em jejum (8 horas), e bem clinicamente.

8) TN - Como é o procedimento cirúrgico, em relação à anestesia, tempo de cirurgia, etc.?

Dr. Edson Prata Jr. - A cirurgia pode ser feita sob anestesia local, peridural ou geral (dependendo de cada caso); dura em média 90 min, e a paciente recebe alta dentro de um período de 24 hs.

9) TN - Esta cirurgia pode ser associada a outra? Quais ? Quais as vantagens ou desvantagens de mais de uma intervenção no mesmo ato cirúrgico?

Dr. Edson Prata Jr. - Sim. Por ser uma cirurgia rápida, é possível associar outros procedimentos sem aumentar o risco cirurgico. Dentre as mais procuradas nesta associação está a lipoaspiração. É indicada em pacientes que queiram diminuir o trauma cirúrgico provocado pelas muitas cirurgias ao qual gostariam de se submeter, ou seja, pular etapas. O trauma cirúrgico envolve a cirurgia, o pós-operatório e o tempo de afastamento de suas atividades cotidianas.

10) TN - Quais são os cuidados pós-operatório?

Dr. Edson Prata Jr. - Será necessário seguir a prescrição médica, o uso do sutien cirúrgico (em média 15 a 30 dias), evitar movimentos com os braços (5 a 7 dias) e evitar exposição solar da cicatriz. É possivel tomar sol após um mês, com uso de filtro solar e biquini. Os retornos pós-operatório são muitos importantes para avaliar o progresso da cirurgia e sanar dúvidas neste período.

Fonte: Crivo Assessoria

Leia 10 perguntas sobre implante de silicone nos seios Leia 10 perguntas sobre implante de silicone nos seios Reviewed by Redação on 9/27/2012 03:06:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-