Em ‘Deixe a Luz do Sol Entrar’, apenas Juliette Binoche brilha

Atriz foi indicada ao César deste ano pelo filme

Crítica | Por Thiago Mendes
thiagomendes@portaltelenoticias.com

(Foto: divulgação)
A atriz francesa Juliette Binoche interpreta com precisão e sensibilidade a protagonista Isabelle


Numa época em que as conquistas femininas por direitos e igualdade são cada vez mais pungentes, e representadas a todo momento pelas artes, chega a causar surpresa depararmos com um filme recém-produzido que não se preocupa em exaltar uma mulher forte e inabalável, à prova de tudo e de todos. Ao contrário, Isabelle, a protagonista de ‘Deixe a Luz do Sol Entrar’, interpretada com a precisão e sensibilidade características de Juliette Binoche (Oscar de atriz coadjuvante por ‘O Paciente Inglês’, 1996) é o retrato da insegurança e solidão.

(Foto: divulgação)
Binoche e Nicolas Duvauchelle em cena:
a vida amorosa de Isabelle segue de frustração em frustração
Artista plástica e mãe de uma filha pré-adolescente, fruto de um casamento que já não existe, a vida amorosa de Isabelle segue de frustração em frustração. Em parte pela canalhice incrustada em certos companheiros, como Vincent (Xavier Beauvois), desprezível e prepotente banqueiro (estereótipo mais que adequado) que trata a todos como serviçais - incluindo a própria Isabelle - ou pelo confuso e indiferente ator (Nicolas Duvauchelle), tão apático que seu nome sequer nos é revelado. Mas parte das frustrações também se deve à própria fragilidade emocional de Isabelle, que, facilmente influenciada por opiniões externas, ora se precipita, ora sabota-se sem ao menos perceber.

Problema maior é que, nessa verdadeira via sacra percorrida por Isabelle, o espectador sofre tanto quanto a protagonista. A veterana diretora e corroteirista Claire Denis (‘Bastardos’, 2013) até se esforça para evitar o tédio, mas erra tanto quanto acerta. Na longa conversa entre Isabelle e Vincent no bar, importante para conhecermos o caráter duvidoso do banqueiro, tenta dar dinâmica à cena através de um único plano-sequência no qual a câmera vai passeando de um rosto ao outro (bem ao modo que Godard cansou de fazer), substituindo, assim, o clássico plano/contra-plano picotados pela edição. Os movimentos são elegantes e, de início, funcionam bem, mas logo tornam-se cansativos e até mesmo irritantes, desviando a atenção do próprio diálogo.

(Foto: divulgação)
Cena da dança é o momento mais harmônico do filme
Por outro lado, somos brindados pela cena da dança na balada, momento em que atuações, direção e edição mais harmonizam em todo o filme. A bela fotografia de Agnès Godard (nenhum parentesco com o famoso diretor) capta todo o esplendor de Juliette Binoche, numa dança a princípio solitária, e depois acompanhada por Sylvain (Paul Blain), cuja aproximação e contato é lindamente preparada e bem dirigida.

É insuficiente, no entanto, para manter a chama de nosso interesse acesa. Deixa, no máximo, uma brasa oscilante. Um desafio e tanto para Binoche, cujo carisma em cena é o único grande motivo para guardarmos maior simpatia por uma personagem que oferece tão pouco para isso. Empatia é até inerente, mas não é o bastante quando se trata de quem protagoniza uma história.

O desfecho, com especial participação de Gérard Depardieu (indicado ao Oscar por ‘Cyrano de Bergerac’, 1990), escancara os sentimentos mais próximos que podemos ter por Isabelle: dó e compaixão, além de um profundo desejo de que encontre alguém que lhe indique sessões de terapia - o que, sem qualquer deboche ou ironia, é o que percebemos faltar em sua vida antes mesmo da metade do filme.

Veja o trailer:
Deixe a Luz do Sol Entrar (Un Beau Soleil Intérieur) - França/Bélgica, 94 min, 2017
Dir.: Claire Denis - Estreou em 29/3.

As opiniões expressas nessa coluna são de inteira responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a opinião do Portal Telenotícias.
Em ‘Deixe a Luz do Sol Entrar’, apenas Juliette Binoche brilha Em ‘Deixe a Luz do Sol Entrar’, apenas Juliette Binoche brilha Reviewed by Thiago S. Mendes on 3/29/2018 11:09:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-