Com brasileiro entre os produtores, ‘Os Iniciados’ carrega legado de Moonlight

Produção sul-africana é pré-finalista na busca pelo Oscar de melhor filme estrangeiro

Crítica | Por Thiago Mendes
thiagomendes@portaltelenoticias.com

(Foto: divulgação)
Cantor e escritor de sucesso na África do Sul, Nakhane Touré (em destaque)
faz sua estreia no cinema interpretando o "cuidador" Xolani


Em fevereiro de 2017, ‘Moonlight’ fez história ao se tornar o primeiro filme de temática LGBT a vencer a principal categoria do Oscar. Um mês antes, ‘Os Iniciados’, longa de estreia do diretor sul-africano John Trengove, começava em Sundance sua bem-sucedida passagem por mostras e festivais do mundo inteiro, recebendo diversos prêmios ao longo do ano.

Não é possível mensurar ao certo, mas é bem provável que o feito de Barry Jenkins, diretor e roteirista de ‘Moonlight’, tenha sua parcela de contribuição no êxito de ‘Os Iniciados’, especialmente para que a África do Sul tomasse a inspiradora decisão de oficializá-lo como representante do país no Oscar deste ano. É, por sinal, um dos nove pré-finalistas (entre 92 inscritos) que ainda seguem na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro em 2018 (a lista final com os cinco indicados sai nesta terça, 23).

Com o brasileiro Elias Ribeiro como um dos produtores, ‘Os Iniciados’ retrata a semana anual em que jovens rapazes de uma das inúmeras etnias presentes no país são reunidos, distantes de qualquer área urbana, para participarem do tradicional rito de circuncisão que os torna homens formados. Estes “iniciados” são supervisionados pelos “cuidadores”, que os acompanham nos dias seguintes em determinadas atividades, orientando-os, também, sobre como lidar com a dolorosa cicatrização de seus membros sexuais, circuncidados a sangue frio.

(Foto: divulgação)
Pupilo de Xolani, Kwanda (à esquerda) começa a se aproximar de Vija
Os cuidadores Xolani (Nakhane Touré, cantor local de sucesso) e Vija (Bongile Mantsai) são amigos desde a infância e, ultimamente, se reencontram apenas nesta oportunidade, quando arrumam brechas para reviver um antigo e secreto relacionamento. No entanto, Kwanda (Niza Jay), “iniciado” sob os cuidados de Xolani, começa a desconfiar da situação. Mais que isso, sente-se atraído por Vija, o que desperta o ciúme de Xolani. Um duplo ciúme, pois, como cuidador de Kwanda, tem apreço especial por seu pupilo.

A tensão gerada por este complexo triângulo de sentimentos passa a mover a trama, que tem a particularidade de estar inserida em um ambiente de forte tradição machista. Sabe-se lá que tipo de reações, e até mesmo punições, poderiam sofrer se descobertos pelos anciões do grupo. Kwanda, por exemplo, já é rejeitado pelos outros iniciados por ser o único vindo da cidade grande e, aparentemente, de uma família economicamente mais estruturada. Vija, com seu porte físico avantajado, casado e pai recente, é amplamente respeitado pelos demais companheiros e tem uma reputação a zelar, enquanto a solteirice de Xolani já começa a ser comentada pelo grupo.

(Foto: divulgação)
Amigos de infância, Vija e Xolani
nutrem sentimento especial um pelo outro
Sob estes aspectos, é interessante que as ações aconteçam em meio a matas e bosques, nos passando tanto a ideia de que são presas em perigo, caso sejam flagrados pelos tradicionais predadores machistas, como nos mostrando que a atração e sentimentos que nutrem um pelo outro são parte da natureza não só humana, como de qualquer ser vivo, sendo o ambiente selvagem em que se inserem um símbolo dessa naturalidade.

‘Os Iniciados’ perde um pouco de seu impacto justamente pelos paralelos que traz em relação a ‘Moonlight’. São poucos, mas centrais: a relação e os sentimentos entre a dupla principal é antiga e não inteiramente resolvida, e especialmente o fato dos protagonistas serem negros, mais uma vez desconstruindo o estereótipo da forte virilidade heterossexual que supostamente possuem, prontos para demonstrá-la à parceira mais próxima.

Entretanto, como especulado no início, é coerente ponderar que, não fossem as barreiras derrubadas anteriormente por ‘Moonlight’, talvez não estivéssemos falando de ‘Os Iniciados’ hoje, um filme que definitivamente vale a pena ser visto.

Veja o trailer:
Os Iniciados (Inxeba) - África do Sul/Alemanha/Holanda/França, 88 min, 2017
Dir.: John Trengove - Estreou em 18/01.

As opiniões expressas nessa coluna são de inteira responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a opinião do Portal Telenotícias.
Com brasileiro entre os produtores, ‘Os Iniciados’ carrega legado de Moonlight Com brasileiro entre os produtores, ‘Os Iniciados’ carrega legado de Moonlight Reviewed by Thiago S. Mendes on 1/19/2018 07:15:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-