Airbnb lança 'divisão de pagamento' para facilitar viagens em grupo

Mais de 80 mil grupos em 175 países, com mais de 44 moedas diferentes testaram com sucesso a nova ferramenta

Da Redação Telenotícias

(Imagem: divulgação / Airbnb)
Provedor de hospedagem é o primeiro a criar e implementar um recurso
de divisão de pagamento para todo o mundo
Compartilhar uma viagem com amigos pode criar memórias inesquecíveis. Mas e a conta no final? Essa é uma outra história. Entre levantar a lista de quem pagou o que e dividir de forma justa todos os custos, os pagamentos de uma viagem em grupo podem facilmente virar uma dor de cabeça. Por isso, o Airbnb resolveu se tornar o primeiro provedor de acomodações a criar e implementar um recurso de pagamento dividido para os usuários do site em todo o mundo.

No final de 2016, o CEO e fundador do Airbnb, Brian Chesky, perguntou a seus usuários: "Se o @Airbnb pudesse lançar qualquer coisa em 2017, qual seria?". Um dos principais pedidos foi o pagamento em grupo, e assim a empresa resolveu apostar na ferramenta, que já está disponível oficialmente para usuários da plataforma desde terça-feira (28).

Vale destacar que cerca de 4 em cada 5 viajantes americanos (79%) estiveram em viagens de grupo nos últimos cinco anos, de acordo com uma recente pesquisa do Airbnb realizada pela DKC Analytics com 2 mil pessoas. O novo recurso foi testado nos últimos meses, com sucesso por mais de 80 mil grupos em todo o mundo em quase 175 países, usando mais de 44 moedas diferentes.

"O Airbnb está bastante animado com este lançamento que ajudará a resolver um problema recorrente em muitos grupos de pessoas que optam por viajar juntas. Dentre os que viajaram em grupo, dois quintos (38%) declararam que não receberam todo o dinheiro investido de seus companheiros de viagem. Uma grande quantidade delas (43%) afirma já ter perdido mais de US$ 1.000 ou mais em reembolsos de viagens, e 18% de viajantes frequentes calculam perdas de até US$10.000 ou mais, já que as viagens em grupo, muitas vezes, significam que uma das pessoas ficará responsável pela organização e por fazer os maiores gastos para que depois sejam repassados aos demais. 52% dos entrevistados disseram ter arcado com U$ 500 ou mais em uma viagem, e quase um terço (31%) investido mais de US$ 1.000. Agora, o recurso de pagamento dividido aliviará os encargos financeiros para os organizadores de viagens e acabará com a dor de cabeça com os custos referentes à reserva. Os hóspedes do Airbnb não terão que correr atrás de seus amigos e familiares depois de uma viagem para obter o reembolso", disse o comunicado emitido pela empresa.

Entenda como funciona 

Quando um organizador da viagem solicita a reserva de um anúncio que se qualifique para divisão de pagamento, ela é colocada em um estado de "pagamento esperado". Assim que a parcela do organizador é cobrada em seu cartão de crédito, o calendário do anfitrião é bloqueado por até 72 horas, dando tempo para que os demais membros da viagem acessem o Airbnb e paguem sua parte. Em “Suas Viagens” o usuário pode verificar o andamento dos pagamentos. A plataforma também envia um e-mail de lembrete 24 horas antes do término do prazo para todos que ainda não tenham efetuado o pagamento o façam e evitem a perda da reserva. Para saber mais, clique aqui.

Este ano, o Airbnb registrou uma onda de viagens em grupo. Durante o Réveillon de 2017  a plataforma alcançou sua maior noite para estadias neste estilo, e ao longo do ano passado, 15,5 milhões de grupos fizeram viagens utilizando o site, com uma estadia média de 3,5 noites.

"A possibilidade de dividir pagamentos é apenas parte do compromisso do Airbnb de facilitar as viagens em grupo. Com ela, esperamos que alguns desses populares destinos de viagens em grupo inspirem amigos e famílias para sua próxima aventura", informou o comunicado da empresa.

Fonte: Airbnb / Máquina Cohn&Wolfe
Airbnb lança 'divisão de pagamento' para facilitar viagens em grupo Airbnb lança 'divisão de pagamento' para facilitar viagens em grupo Reviewed by Redação on 11/29/2017 06:14:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-