“A greve de hoje não reflete o desejo do trabalhador”, diz ACSP

De acordo com o presidente da Associação Comercial de SP, a greve realizada por alguns grupos é prejudicial para a economia

(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas)
Sem transporte público e como consequência sem funcionários,
muitas lojas do centro de SP amanheceram fechadas
O presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (ACSP), Alencar Burti, repercutiu as paralisações de hoje pelo país.

De acordo com ele, a greve realizada por alguns grupos é prejudicial para a economia e não reflete o desejo dos trabalhadores brasileiros. "O direito à greve está assegurado pela Constituição e deve ser respeitado, mas o movimento precisa ser espontâneo. Para a greve ser legítima, ela tem de partir do próprio trabalhador”, disse Burti.

“Assistimos, porém, a cenas de trabalhadores tentando chegar a seus locais de serviço e sendo impedidos por pequenos grupos de manifestantes, geralmente ligados a sindicatos”, afirma o presidente da ACSP, destacando também que “esse impedimento às vezes é feito por meio de violência e intimidação”.

Comércio 

“O comércio que fechou as portas hoje perderá um sexto do faturamento da semana. Se levarmos em conta os feriados prolongados em abril, esse prejuízo atinge uma proporção ainda maior. O Brasil só vai progredir trabalhando”, finalizou o presidente da ACSP.

 Fonte: ACSP
“A greve de hoje não reflete o desejo do trabalhador”, diz ACSP “A greve de hoje não reflete o desejo do trabalhador”, diz ACSP Reviewed by Redação on 4/28/2017 05:04:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-