Bem-humorado, ‘A Viagem de Meu Pai’ trata idoso com respeito e sensibilidade


Por Thiago Mendes
thiagomendes@portaltelenoticias.com

(Foto: divulgação)
Carole (Sandrine Kiberlain) acaba por sofrer o dilema entre manter o pai
em casa ou interná-lo em um abrigo para idosos
Há sempre um risco quando o cinema se propõe a abordar a velhice humana e seus percalços. Em se tratando de comédia dramática, esse risco é redobrado. Não só teme-se o sentimentalismo barato que um drama pode acarretar, mas também o mau gosto e a ridicularização excessiva que o humor pode causar. É preciso talento e bom senso para equilibrar os fatores. Felizmente, é o caso de ‘A Viagem de Meu Pai’, adaptação da peça ‘La Père’, de Florian Zeller.

Apesar de uma câmera continuamente elegante, e da bela fotografia de Jean-Claude Larrieu (que trabalhou com Almodóvar no recém-lançado ‘Julieta’), alguns cortes estabanados nos minutos iniciais fazem pensar se há algum simbolismo neles. Uma vez que logo desaparecem, conclui-se que foram apenas precipitados. Todavia, nada disso impede que o diretor e corroteirista Philippe Le Guay (de ‘Pedalando com Molière’, 2013) conduza com respeito e sensibilidade a história de Claude Lherminier (Jean Rochefort), magnata da indústria que construiu sua fortuna no ramo de celulose e derivados. Já acima dos 80 anos, Claude se vê impedido de continuar dirigindo suas empresas quando apresenta os primeiros indícios do que parece ser Mal de Alzheimer - em nenhum momento nos é determinado o que lhe acomete. Assim, quem passa a administrar os negócios, e também os cuidados necessários com o pai, é sua filha, Carole (Sandrine Kiberlain, que trabalhou com o diretor em ‘As Mulheres do Sexto Andar’, 2010).

Recluso em sua mansão no interior, e sob vigilância das diaristas que Carole contrata para manter a casa em ordem, Claude deseja de todas as formas rever sua filha caçula, Alice, que ao casar se mudou para a Flórida (EUA) - por isso o título original, ‘Floride’. Uma digna atuação de Rochefort, veterano ator francês que recentemente completou 86 anos, idade próxima a de seu personagem, portanto. São de seus calculados nuances na expressão facial que resultam a leveza com que podemos acompanhar a maior parte do filme. Um pouco menos, ou um pouco mais, e nos sentiríamos desconfortáveis para rir de inusitadas frases e situações que presenciamos.

É claro que, pouco a pouco, o riso diminui, conforme vamos encarando a realidade do protagonista. Envelhecer pode até não ser o desastre que muitos atestam, mas certamente não é nada fácil. Sobretudo quando agravado pela doença que carrega. Tomamos partido, também, do ponto de vista de Carole, que enfrenta com serenidade e competência o grande desafio de sua carreira profissional, ao passo que precisa ceder cada vez mais de seu tempo livre para estar com o pai. Acaba por sofrer o dilema entre mantê-lo em casa ou interná-lo em um abrigo para idosos.

Contudo, Le Guay jamais permite que o clima leve cesse por completo. Qual a melhor maneira de enfrentar as adversidades senão com bom humor? Não à toa, o que mais se vê na fisionomia de Claude é seu sorriso. É assim que ele busca o que todos buscamos durante toda a nossa vida: liberdade. Mais do que retratar sintomas e consequências de uma doença degenerativa - o que, por experiência própria de convívio, afirmo serem precisamente interpretadas -, mais do que dizer sobre manias e caprichos típicos da idade avançada, ou mesmo da paciência e ternura com que devemos nos revestir ao nos relacionar com os idosos, ‘A Viagem de Meu Pai’ fala de nossa incessante busca por plena liberdade de atos e pensamentos, ainda que a conquistemos - e seja justificada - somente através da loucura.

Veja o trailer:

A Viagem de Meu Pai (Floride - França, 110 min, 2015).
Em cartaz desde 11/8.

As opiniões expressas nessa coluna são de inteira responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a opinião do Portal Telenotícias.
Bem-humorado, ‘A Viagem de Meu Pai’ trata idoso com respeito e sensibilidade Bem-humorado, ‘A Viagem de Meu Pai’ trata idoso com respeito e sensibilidade Reviewed by Redação on 8/18/2016 04:06:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-