Reabilitação animal já é alternativa à eutanásia

Pitbull Jon, que foi diagnosticado com tetraplegia, está andando após oitava sessão de fisioterapia. Entenda como é a reabilitação em animais

(Imagem: reprodução / EPTV Central)
A previsão é de Jon tenha uma vida normal em um ano e meio,
no máximo, garante o veterinário
Recentemente, a história do filhote de pitbull Jon chamou atenção por sua luta. Resgatado por uma cuidadora em Araraquara, interior de São Paulo, o animal que chorava de dor teve a eutanásia indicada por três profissionais após seu diagnóstico de tetraplegia.

A responsável por Jon consultou o veterinário que trabalha com fisioterapia e reabilitação Rodrigo Ferraz Scatolin - que recomendou e iniciou sessões de fisioterapia aliadas a aparelhos de reabilitação, como eletroestimulação e laser.

Segundo o veterinário, a Estimulação Elétrica Transcutânea (TENS/FENS) - utilizada em tratamentos de reabilitação em pessoas com lesões ou dores - também é indicada para os animais. No caso do Jon, a tecnologia utilizada foi o Neurodyn Portable, que o ajudou a aliviar a dor devido a lesão no começo das vértebras cervicais. O especialista explica que, na maioria dos casos, é possível evitar indicações de eutanásia e os resultados são excelentes. “Utilizo a tecnologia para auxiliar o processo de fortalecimento muscular e também para amenizar a dor dos animais. Mais de 90% dos meus pacientes utilizam a fisioterapia aliada com equipamentos de reabilitação”, conta.

Jon, que ainda é filhote, responde bem às sessões de fisioterapia. Três vezes por semana, o cãozinho recebe estímulos durante 30 minutos. A sessão de uma hora e meia também inclui alongamento, laser e exercícios. “Jon está na oitava sessão e já consegue andar. A previsão para que ele tenha uma vida normal é de um ano e meio, no máximo”, finaliza o veterinário.

Fonte: Agência NoAr
Reabilitação animal já é alternativa à eutanásia Reabilitação animal já é alternativa à eutanásia Reviewed by Redação on 7/28/2016 05:30:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-