Método europeu para a perda de peso promete ser mais eficaz que medicação


Dieta VLCD permite o emagrecimento rápido e preserva a massa muscular

Da Agência Telenotícias

(Foto: divulgação)
Brigadeiro de colher e omelete feitos com suplementos da dieta VLCD​
As dietas de baixo valor calórico ou VLCD - do inglês (Very Low Caloric Diet) muito utilizadas na Europa e EUA, estão demonstrando, a partir de estudos científicos, dados interessantes no tratamento de várias doenças crônicas ou complicações relacionadas a obesidade, que aumentam o risco de mortalidade, como o Diabates tipo 2 e a dislipidemia (aumento de gorduras no sangue).

A dieta VLCD utiliza fórmulas com proteínas de alto valor biológico e uma pequena quantidade de hidratos de carbono de liberação lenta, associados a suplementação de vitaminas e sais minerais que levam a formação de corpos cetônicos - decorrentes da queima da gordura e utilizados como fonte de energia, preservando assim a massa muscular.

Esse tipo de tratamento não sobrecarrega os órgãos, pois tem a quantidade de proteínas adequadas e é considerado seguro ao organismo humano, desde que realizado sob supervisão médica e orientação multidisciplinar, principalmente após atingir o peso adequado para evitar o reganho de peso.

A perda de peso varia de 1,5 até 2,5 Kg por semana durante um tratamento com duração de 3 a 4 semanas, podendo chegar até 12 ou 24 semanas para casos de obesidade mórbida, desde que haja acompanhamento multiprofissional adequado. “A dieta VLCD está contraindicada para pacientes com arritmias cardíacas graves, infartos recentes, derrame cerebral, câncer, diabetes tipo 1, doença renal, gravidez, doenças psiquiátricas em uso de lítio e psicose”, complementa a endocrinologista e nutróloga, Dra. Lívia Maria Zimmermann.​

Utilizando-se desse método, a empresa DietKal iniciou suas atividades no Brasil e vem alcançando excelentes resultados com pacientes obesos e com sobrepeso. A adesão ao tratamento se dá pela ausência da fome e sensação de bem-estar após o terceiro dia de dieta. Esse efeito anorexígeno e psicoestimulante age igual medicação, mas não é. O paciente pode optar por pizza, pão, omelete, brigadeiro de colher, mousse, entre outros, basta adicionar água e fazer os seus próprios alimentos, junto com os suplementos alimentares.

Os produtos da empresa são fabricados no Brasil e formulados para o paladar do brasileiro. Por se tratar de uma dieta de baixa caloria, o método VLCD da DietKal é prescrito somente por médicos credenciados. Um dos diferenciais que a empresa oferece é a assessoria nutricional gratuita para todos os pacientes.

Para mais informações, acesse: www.dietkal.com.br
Método europeu para a perda de peso promete ser mais eficaz que medicação Método europeu para a perda de peso promete ser mais eficaz que medicação Reviewed by Redação on 3/15/2016 04:52:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-