Luz artificial durante a noite pode contribuir com a obesidade


Emitida por aparelhos eletrônicos, principalmente os telefones celulares, luz pode prejudicar a qualidade do sono, um fator importante para a manutenção e o bom funcionamento do metabolismo humano

(Foto: Getty Images) 
O uso de celulares, televisões e outros equipamentos durante a noite
pode ter um papel importante para o aumento da obesidade
As maravilhas da vida moderna facilitam muito o cotidiano das pessoas, especialmente os aparelhos eletrônicos. No entanto o uso de celulares, televisões e outros equipamentos durante a noite pode ter um papel importante para o aumento da obesidade. A luz azul artificial emitida por estes aparelhos, principalmente o celular, pode prejudicar a qualidade do sono, um fator importante para a manutenção e o bom funcionamento do metabolismo humano.

Diversas informações e pesquisas já apontam para a relação de causa e efeito entre a má qualidade do sono e a obesidade. Dois novos estudos trouxeram mais evidências desta causalidade e se juntam a outras peças de um grande quebra cabeça que está sendo montado com o passar dos anos.
“Entende-se que a luz pode causar distúrbios no metabolismo, prejudicando seu bom funcionamento e consequentemente a qualidade do sono, que, como já sabemos, pode contribuir com a obesidade”, comenta o Dr. Josemberg Campos, presidente da SBCBM – Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

Uma equipe de pesquisadores publicou no periódico científico International Journal of Obesity um estudo que cruzou e analisou imagens de satélite que mostram a iluminação noturna ao redor do mundo e dados da OMS - Organização Mundial da Saúde sobre a prevalência de obesidade no planeta. De acordo com os autores, este foi o primeiro estudo de nível populacional a confirmar os resultados obtidos em pesquisas de laboratório e estudos de corte que apontavam a exposição à luz artificial à noite como um fator que contribui para a obesidade em humanos.

Outro estudo, randomizado e controlado, publicado no Chronobiology International descobriu que o uso de óculos protetores, que filtram a luz azul de aparelhos eletrônicos, duas horas antes de dormir tem um impacto significativo na qualidade do sono e na secreção de melatonina. Esta conclusão apoia outros estudos que mostram como a emissão de luz artificial azul feita por aparelhos eletrônicos prejudica a secreção de melatonina e o ritmo circadiano, que causam disfunções metabólicas e no sono.

Os problemas de sono são, claramente, um fator no aumento da obesidade e a exposição à luz artificial durante a noite também tem papel no crescimento desta doença.

Fonte: Target
Luz artificial durante a noite pode contribuir com a obesidade Luz artificial durante a noite pode contribuir com a obesidade Reviewed by Redação on 3/10/2016 06:12:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-