Destaque da Semana: França não será mais a mesma


Por Lorena Zanelatto
lorenazanelatto@portaltelenoticias.com

(Imagem: reprodução / Globo News)
Em frente ao Bataclan, franceses prestam homenagens
às vítimas dos atentados
Há uma semana, as pessoas viviam normalmente e a vida acontecia de modo normal, sem medos ou traumas sem solução. Mas nada, hoje, fará com que as 130 pessoas que se foram, voltem para as suas casas e para as suas famílias. Se o Estado Islâmico não tivesse atacado de diferentes maneiras e em diferentes pontos, hoje não teria uma história para contar. Assim como, não haveria milhões de pessoas de luto e ainda em choque por conta da tragédia ocorrida na França, especificamente em Paris, numa sexta-feira (13).

Uma semana após os atentados terroristas, Paris presta uma singela homenagem às vítimas. As condolências ocorreram nos pontos onde aconteceram os atentados. Todos cantaram e rezaram, em coro e de forma única. O dia 13 de novembro jamais será esquecido, uma vez que, ataques desse tipo já ocorreram, e o grupo continua agindo em outros locais, sempre prometendo atacar novamente e na mesma proporção.

O café Belle Equipe, na rua Charonne durante a homenagem, recebeu flores e velas e também, teve danças e orações. Uma contemplação silenciosa envolveu milhares de pessoas na Place de La Republique, local este que se tornou referência diante da tragédia. O café Le Carillon e o restaurante Petit Cambodge, na esquina das ruas Bichat e Alibert também receberam flores e celebrações em prol da vida através de uma manifestação. O Bataclan esteve todo o tempo cercado por fiéis e familiares. A frase “Reze por Paris” tomou conta de todo o evento.

Em contrapartida, e desde o atentado, muitas questões envolvendo o país e o EI ainda estão em aberto. Foi anunciada recentemente a morte do mentor dos ataques na França, Abdelhamid Abaaoud – morto durante a operação militar em Saint Denis, ao norte de Paris. Em discurso, mesmo após a notícia, o presidente François Hollande afirmou que o país está em guerra contra o EI que, assumiu a autoria dos crimes, e por isso, muitas medidas serão tomadas a fim de reduzir as ações do grupo.

O presidente francês se diz emprenhado e vem lutando para evitar que outros ataques do mesmo tipo ocorram em outros pontos do país. A própria Europa procurou fechar suas fronteiras e no momento, autoridades estão analisando maneiras para tentar encontrar mais terroristas pelo continente e os comandantes do EI na Síria e regiões próximas.

As opiniões expressas nessa coluna são de inteira responsabilidade da autora e não refletem necessariamente a opinião do Portal Telenotícias.
Destaque da Semana: França não será mais a mesma Destaque da Semana: França não será mais a mesma Reviewed by Redação on 11/22/2015 10:30:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-