Veja 5 dicas para quem está pensando em morar junto


(Foto: Getty Images)
Morar junto traz novas responsabilidades e novos desafios
Um casal que possui um relacionamento estável naturalmente começa a pensar em morar junto.
Mas, apesar dos dois julgarem que já se conhecem o suficiente, juntar as escovas de dente traz novas responsabilidades e novos desafios.

Veja, abaixo, algumas dicas que podem ajudar na hora dessa difícil transição:

- Aprenda a tomar decisões conjuntas

Enquanto o casal mora em casas diferentes, é possível decidir quando e o que comer, que horas se divertir e convidar os amigos para uma visita. No entanto, ao morar com alguém, tudo isso passa a ser decisão do casal. Segundo o psicólogo Luciano Passianotto, antes de morar com o parceiro, é fundamental aprender a dividir decisões. "Quando se mora com alguém todas essas são decisões precisam ser em conjunto, para que o convívio seja no mínimo civilizado", diz.

- Esteja disposto a reorganizar sua rotina 

Cada pessoa tem sua própria rotina e seus próprios hábitos. Ao morar com alguém, no entanto, é preciso saber fazer concessões e se adaptar também às particularidades do outro. "Pessoas diferentes têm hábitos diferentes e acreditar que o outro vá se adaptar ao seu modo de fazer as coisas é muita ingenuidade", afirma Passianotto. O ideal é seguir uma rotina que acomode as necessidades de ambos. "Isso inclui mudança de horários, divisão de tarefas e até planejamento de atividades de lazer", ensina o psicólogo.

- Respeite o momento do outro

Nenhum casal precisa estar junto o tempo todo (e isso nem mesmo é saudável). Alguns hobbies ou atividades como estudos e trabalho são momentos em que estar sozinho é necessário. Cabe ao casal aprender a respeitar esses momentos.

- Aprenda a compartilhar tudo

Morar junto implica em dividir espaços e objetos - não só a cama como o banheiro e a lavanderia, por exemplo. Portanto, aprenda a compartilhar! "Reflita sobre esse ponto e se acostume com a ideia de que compartilhar tudo deve ser algo natural", recomenda Luciano Passianotto.

- Converse sobre a vida social dos dois (e de cada um individualmente)

Mesmo morando com o parceiro, é preciso continuar tendo uma vida social - não só a do casal, mas também a de cada um individualmente. Muitas vezes, os amigos de um não são amigos do outro, mas isso não significa que essas amizades tenham de ser desfeitas. "É bom ter isso em mente e, se possível, combinar como vocês pretendem lidar com essa questão", sugere Passianotto.

Fonte: Plugcom Comunição
Veja 5 dicas para quem está pensando em morar junto Veja 5 dicas para quem está pensando em morar junto Reviewed by Redação on 10/14/2015 05:39:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-