Modelo home-based atrai empreendedores por unir comodidade e baixo investimento


Cada vez mais avançada no mercado empresarial, a classe C agora investe em microfranquias onde o empresário não precisa sair de casa para executar o seu próprio negócio

Ser o seu próprio chefe, ter horários flexíveis e ainda trabalhar dentro da sua própria casa. O que parecia ser um sonho distante está se tornando cada vez mais a realidade de muitos brasileiros. E engana-se quem pensa que esses privilégios são exclusivos para profissionais com renda alta. De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Data Popular, 19,7 milhões de brasileiros interessados em iniciar uma empresa este ano, 58,3% (cerca de 11,5 milhões) são da classe C.

O desejo te ter um negócio próprio se tornou ainda mais acessível graças a um modelo de negócio que é tendência: as franquias home based. Ideal para quem não tem capital suficiente para um negócio maior e que pretende trabalhar sozinho, é possível adquirir uma franquia neste modelo por menos de R$ 20 mil. O franqueado poupa despesas com custos fixos como salário de funcionários, aluguel e contas diversas, e ainda consegue ter mais flexibilidade de horários.


De consumidores para empresários

Se antes a classe C conseguiu mudar o perfil da economia brasileira pelo alto poder de compra, hoje eles querem deixar para trás o emprego com carteira assinada para buscar ser dono do próprio negócio. Com as muitas tarefas do dia a dia como cuidar dos filhos, se deslocar de casa para o trabalho com antecedência e os imprevistos cotidianos, muitos querem trabalhar em casa e acreditam que o local onde moram tem potencial para colaborar com o crescimento do negócio.


Dedicação e foco

Apesar de ser bastante cômoda a ideia de trabalhar dentro da própria casa, alguns cuidados devem ser tomados para evitar que o negócio seja prejudicado, como:

- Procurar espaço adequado na casa para gerenciar o negócio e evitar que a família interfira no processo administrativo;
- Não deixar a televisão ligada para não se distrair;
- Estabelecer metas e prioridades, pois mesmo que o trabalho seja dentro do lar, o empresário tem hora para começar e parar;
- Verificar a viabilidade para abrir o negócio em casa e consultar um contador para esclarecer possíveis dúvidas.


Microfranquias brasileiras com modelo home based

(Foto: divulgação)
Mídia Pane
O que faz? Publicidade em saco de pão
Investimento inicial: R$ 16.500
Número de unidades: 165
Resumo: o franqueado da Mídia Pane tem a missão de buscar anunciantes que tenham interesse em publicar sobre seus produtos e serviços nos sacos de pães. Assim que consegue clientes, o franqueando envia o pedido para a sede, onde há uma equipe de profissionais responsável pela arte e impressão dos anúncios. Quando os sacos impressos chegam, cabe a ele distribuí-los gratuitamente em padarias parceiras.

(Foto: divulgação)
Miss Pink
O que faz? Vende cosméticos por meio de plataforma móvel
Investimento inicial: R$ 17 mil
Número de unidades: 12
Resumo: a proposta da rede é oferecer uma loja de produtos de beleza que possa ser transportada para diversos locais. A Miss Pink permite que os franqueados trabalhem em suas próprias casas ou façam parcerias com shoppings, salões de beleza e espaços comerciais. O mix de itens, como maquiagem, esmalte e hidratantes é produzido com alta tecnologia e fórmulas exclusivas, proporcionando muita qualidade aos produtos.

Fonte: AtitudeCom
Modelo home-based atrai empreendedores por unir comodidade e baixo investimento Modelo home-based atrai empreendedores por unir comodidade e baixo investimento Reviewed by Redação on 10/09/2015 01:45:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-