Colesterol é um dos vilões apontados em pesquisa do Ministério da Saúde


Doenças crônicas são responsáveis por 72% dos casos de óbito no Brasil

(Foto: Getty Images)
Alimentos de origem vegetal, como verduras e legumes têm eficácia
comprovada no auxílio da redução da absorção do colesterol
Mais da metade da população brasileira (52,5%) está hoje acima do peso e o colesterol alto está presente em cerca de 20% da população. A constatação vem do Vigitel 2014 – pesquisa encomendada pelo Ministério da Saúde, realizada por inquérito telefônico com 40.853 pessoas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal, entre fevereiro e dezembro do último ano, e divulgada recentemente. Esse dado sobre o colesterol pode ser considerado um vilão, pois fatores de risco para doenças crônicas, como as do coração, hipertensão e diabetes, correspondem a 72% dos óbitos registrados no país.

Mas, ao contrário do que muitos pensam, o colesterol é essencial para o nosso corpo, sendo necessário para a estrutura das nossas células, tecidos e ossos. Ele também é necessário para o desempenho de funções vitais e serve como matéria-prima para a produção de hormônios. Porém, o colesterol conhecido como 'ruim' (LDL) em excesso, pode se depositar nas paredes das artérias, podendo entupir os vasos. Caso isso ocorra nas artérias coronárias, pode causar dores no peito e infarto, enquanto que, caso se deposite nas artérias cerebrais, pode provocar o acidente vascular cerebral, conhecido como derrame. Já o colesterol HDL (bom colesterol) leva o excesso de colesterol ao fígado, para que seja eliminado pelo intestino ou reutilizado pelo organismo.

Doença Silenciosa

De acordo com o cardiologista  Dr. José Rocha Faria Neto, doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da USP e Presidente do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o colesterol é considerado o vilão do coração por não provocar sintomas. “Em geral, as pessoas só descobrem que estão com o colesterol elevado, quando sofrem um ataque do coração ou um acidente vascular cerebral”, comenta. “O ideal é que passem em consulta com seu médico de confiança e realizem exames periodicamente, lembrando também de cuidar muito bem da alimentação e de praticar atividades físicas com regularidade”, opina.

As sugestões do Dr.José Rocha Faria Neto vêm ao encontro de mais alguns dados relevantes apontados pela pesquisa do Ministério da Saúde: o colesterol acomete hoje 22,2% das mulheres adultas entrevistadas pelo Vigitel e 17,6% entre os homens que responderam a abordagem telefônica. Embora elas tenham hábitos alimentares mais saudáveis com o consumo de frutas e hortaliças (42,5%, contra 29,4% entre os homens), as mulheres praticam menos atividades físicas do que os homens (30% contra 42%).

Para prevenir o excesso de colesterol a nutricionista Christiane Vitola indica a mudança de hábitos alimentares e a prática de atividades físicas. “Dê preferência ao consumo de carnes magras como peixes e frango e inclua as opções de queijos, iogurte e leite com teor reduzido de gorduras. Além disso, prefira também às gorduras 'boas', como as monoinsaturadas e as poli-insaturadas, presentes no azeite, nozes, amêndoas, peixes e creme vegetal, e lembre-se de que o consumo de frutas, verduras e legumes deve ser diário e variado”, aconselha.

Confira abaixo os alimentos selecionados pela nutricionista, que podem auxiliar na redução do colesterol:

Alimentos adicionados de fitoesteróis
Eles têm eficácia comprovada no auxílio da redução da absorção do colesterol e podem ser encontrados em alimentos de origem vegetal, como verduras e legumes, e também em alimentos enriquecidos como os cremes vegetais. Utilizando a dose correta, é possível observar os benefícios em 3 semanas de consumo, quando associado a uma alimentação equilibrada e a hábitos de vida saudáveis.

Aveia
Rica em fibras que podem auxiliar na diminuição da absorção do colesterol.

Frutas e hortaliças
São ricas em fibras e antioxidantes protegendo o LDL contra a oxidação.

Óleos vegetais
Canola e soja, por exemplo, são fontes de gorduras poli-insaturadas e, quando utilizados em substituição à gordura saturada, contribuem para a manutenção dos níveis de colesterol em valores adequados.

Fonte: S2Publicom
Colesterol é um dos vilões apontados em pesquisa do Ministério da Saúde Colesterol é um dos vilões apontados em pesquisa do Ministério da Saúde Reviewed by Redação on 5/12/2015 06:13:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-