Veja mitos e verdades sobre o dente do siso


Especialista alerta para 10 fatores relacionados aos dentes do siso

(Foto: Getty  Images)
Imagem ilustrativa
Popularmente conhecido como dente do juízo, o dente do siso muitas vezes torna-se uma grande preocupação para algumas pessoas, que na maioria das vezes, relaciona qualquer dor na gengiva com a retirada do siso. Porém, nem todos nascem com esse dente e mesmo quem tem, não é necessária a extração do mesmo.

O cirurgião buco-maxilo-facial, Dr. Alessandro Silva comenta sobre 10 mitos e verdades sobre o dente do siso.

Todo mundo tem dente do siso.
Mito. Algumas pessoas podem nascer sem o dente do siso. Entretanto, há algum tempo, o dente era extraído assim que começava a nascer para precaver problemas futuros. E em outros casos o dente pode estar ali, mas isso não quer dizer que ele vá nascer e que vá ocorrer sua erupção.

(Foto: divulgação)
Dr. Alessandro Silva
O dente do siso desalinha os outros dentes.
Verdade. Isso acontece porque se não existe espaço suficiente na boca, o siso vai empurrar os outros, prejudicando a mordida e até mesmo a estética. Porém, se há espaço para ele nascer sem prejudicar o alinhamento dos outros dentes, não há necessidade dele ser extraído.

Mesmo sem nascer, o dente do siso está sujeito a cáries.
Verdade. Mesmo que o siso não tenha nascido, á cárie pode sim destruir o dente, pois pode haver inflamação da gengiva com bactérias que vão penetrar. Nesses casos, o dente do siso pode ser extraído ou pode ser feito tratamento à base de antibióticos.

Quem extrai um dos dentes do siso, precisa extrair os outros.
Mito. A única restrição é para a extração do dente inferior direito antes da extração do superior direito. Isso não pode acontecer, mas, quanto ao lado oposto, não há problema. Em alguns casos, o dentista pode achar melhor fazer a remoção dos dois lados de uma vez, mas isso só deve acontecer com um especialista no assunto que vai julgar o caso dependendo do grau da dificuldade dessa remoção.

O dente do siso é maior do que os outros dentes do fundo.
Mito. Não existe um padrão para o dente do siso. Varia de pessoa para pessoa e pode ter diversas raízes, formatos e ser grande ou pequeno.

Pode atrapalhar os tratamentos ortodônticos?
Verdade. Dependendo da posição do siso, eles podem sim atrapalhar, mas isso vai depender da cronologia da erupção dentária do indivíduo.

O dente do siso deve ser retirado na adolescência?
Mito. A idade vai depender da forma e da posição dos dentes. É mais freqüente a retirada do siso por volta dos 17 anos, que normalmente estão mais alinhados para essa remoção, mas, realmente, cada caso é um caso.

Depois da extração do siso é preciso fazer repouso?
Verdade. A retirada do siso nada mais é do que um procedimento cirúrgico, e, por isso, é necessário que o paciente faça um repouso por pelo menos três dias. Após esse período, é recomendável procurar o especialista para saber se pode voltar para a rotina.

A pessoa sempre fica inchada depois da extração do siso?
Verdade. O inchaço só vai depender de como estava a posição do dente durante a cirurgia, mas ele é inevitável em qualquer caso, pois trata-se de um procedimento delicado. Em situações de remoção do osso (osteotomia) a chance de traumatizar o tecido mole é maior e nesse caso, o pós-operatório pode ser ainda mais desconfortável.

Não devo passar a escova de dente na região operada logo após a cirurgia?
Verdade. A pessoa deve escovar os dentes normalmente, com exceção da região onde foi realizada a cirurgia. Como foi feito um procedimento delicado, deve haver cautela ao passar a escova por essa região.

Fonte: MD assessoria & comunicação
Veja mitos e verdades sobre o dente do siso Veja mitos e verdades sobre o dente do siso Reviewed by Redação on 8/26/2014 05:00:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-