Saiba mais sobre a gastrite, suas causas e sintomas


Alimentos como o álcool, o café, produtos muito ácidos, apimentados ou condimentados podem piorar ou provocar a gastrite, diz especialista

(Foto: Getty Images)
Imagem ilustrativa
A gastrite é a inflamação da mucosa do estômago, que causa alterações como vermelhidão, inchaço ou erosões. Segundo o Dr. Alexandre Sakano, gastroenterologista do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, o estômago produz um ácido chamado suco gástrico que digere os alimentos. Sua produção em excesso é a causa mais comum da gastrite.

“Quando nos alimentamos, o suco gástrico é liberado, se mistura com o alimento e vai para o intestino. Se ficamos muito tempo sem comer nada, o estômago ´avisa´ que está na hora de comer e libera suco gástrico. É ele que dá a sensação de fome, de vazio no estômago, e se não houver nada para digerir, fica em contato direto com a mucosa provocando a inflamação”, afirma.

O especialista esclarece que alimentos como o álcool, o café, produtos muito ácidos, apimentados ou condimentados podem piorar ou provocar a gastrite. Alguns medicamentos como os anti-inflamatórios também pode provocá-la. Situações de stress também provocam um aumento na produção de ácido no estômago, o que origina a chamada "gastrite nervosa".

“Outra causa da inflamação e da úlcera é presença de uma bactéria chamada Helicobacter pylori na mucosa do estômago. Ela destrói a camada de proteção e deixa o estômago mais suscetível a essas doenças”, diz Sakano.

Os sintomas mais comuns da gastrite são dor de estômago, queimação que - piora com a alimentação - e sensação de estômago cheio mesmo com a ingestão de pequenas quantidades de comida. Em alguns casos, também ocorrem vômitos.

Para prevenir a doença, o médico recomenda alimentar-se a cada três ou quatro horas, evitar alimentos apimentados, ácidos, bebidas alcoólicas e café em excesso no cotidiano. Quando o uso de medicamentos que podem causar a gastrite for necessário, o gastroenterologista orienta ter mais cuidado com a alimentação ou utilizar medicamentos para proteger o estômago, sempre com recomendação médica.

“O melhor exame para diagnóstico da gastrite e de todas as doenças do estômago é a endoscopia, que permite ver com detalhes toda a mucosa do estômago, realizar biópsias quando necessário e diagnosticar com precisão a doença e o grau de comprometimento”, conclui o especialista.


Úlcera gástrica

A úlcera é uma ferida que pode ocorrer em várias partes do organismo. Porém, quando se fala nela, normalmente, as pessoas pensam na úlcera gástrica – também conhecida como úlcera péptica, que costuma ocorrer no estômago, no duodeno ou no esôfago.

Para digerir os alimentos, o estômago produz uma série de ácidos. Em situações normais, eles atuam apenas sobre os alimentos, mas em alguns casos, agem sobre o trato digestivo, ferindo a parede estomacal e do duodeno.

“Existem pessoas que são mais suscetíveis às doenças do estômago e podem ter uma gastrite que evolui para úlcera se não tratada adequadamente. Entretanto, a maioria das pessoas que tem gastrite permanece com gastrites crônicas que vão e voltam, mas não evoluem nunca. Por outro lado, existem pessoas que nunca tiveram gastrite e sofrem com úlcera no estômago”, explica o especialista.

Fonte: HD Comunicação

Saiba mais sobre a gastrite, suas causas e sintomas Saiba mais sobre a gastrite, suas causas e sintomas Reviewed by Redação on 8/25/2014 02:37:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-