Brasil é líder do ranking mundial de cirurgias plásticas


Pela 1ª vez, o país superou os Estados Unidos no número total de procedimentos cirúrgicos realizados

(Foto: Getty Images)
Em 2013, mais de 23 milhões de procedimentos com fins estéticos
 foram realizados em todo o mundo
Segundo levantamento da International Society of Aesthetic Plastic Surgery – ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética), em 2013, mais de 23 milhões de procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos com fins estéticos foram realizados em todo o mundo. Pela primeira vez, o Brasil superou os Estados Unidos no número total de procedimentos cirúrgicos realizados, alcançando mais de 1,49 milhões de cirurgias, enquanto os EUA atingiram 1,45 milhões.

O Brasil tem uma população total menor que os EUA (cerca de 202 milhões de pessoas e os EUA 318 milhões), além de ser um país menos rico, pois o PIB per capita brasileiro representa quase um quinto do PIB per capita americano – US$ 11,7 mil contra US$51,7 mil. “O Brasil lidera o ranking da ISAPS por conta do grande número de cirurgiões plásticos brasileiros qualificados e hospitais especializados na área. Além disto, a ampla gama de profissionais atuando no ramo proporciona com que haja uma segmentação maior, tornando os procedimentos estéticos mais acessíveis a todas as pessoas”, comenta Dr. Wagner 
Montenegro, cirurgião plástico a mais de 25 anos e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

(Foto: divulgação)
Dr. Wagner Montenegro
Com a maior popularização da busca por cirurgias estéticas, o mercado de cirurgias plásticas foi se adaptando para poder atender mais camadas sociais, não apenas pessoas com maior poder aquisitivo. Há clínicas e médicos que trabalham com condições facilitadas, proporcionando com que as classes mais baixas realizem o sonho da cirurgia plástica. “Quem tem menor poder econômico terá uma cirurgia plástica de qualidade, assim como quem tem mais condições aquisitivas. Isso fez com que houvesse um amplo crescimento no número total de cirurgias”, explica Dr. Montenegro.

Atrás apenas dos EUA, o Brasil é o segundo país com o maior número de cirurgiões plásticos no mundo. “Nós estamos numa fase em que existe uma quantidade imensa de procedimentos já realizados, o que automaticamente gera uma qualificação enorme dos médicos especializados em cirurgia plástica. Quanto maior é a atuação desses profissionais, maior é o treinamento, a capacitação e o desenvolvimento técnico, além de aumentar também o intercâmbio entre cirurgiões, resultando em uma expertise que é referência mundial”, justifica Dr. Montenegro.

O Brasil também é campeão no número de plásticas de nariz (rinoplastia) e abdômen (abdominoplastia). Já os EUA detêm a liderança nas cirurgias de aumento de mama e lipoaspiração. “Recebo em minha clínica muitas pessoas interessadas principalmente na rinoplastia, dermolipectomia de abdômen e aumento de mamas. São pacientes que pesquisam muito pelo que querem antes de se submeterem ao procedimento e que buscam por profissionais experientes. Muitos deles, inclusive, vêm de outros países atrás da qualidade dos médicos brasileiros”, completa Dr. Montenegro.

Brasil é líder do ranking mundial de cirurgias plásticas Brasil é líder do ranking mundial de cirurgias plásticas Reviewed by Redação on 7/31/2014 08:13:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-