Animais são salvos com tratamento de células-tronco


Empresa já tratou mais de 300 animais com uma taxa de sucesso superior a 80%

(Imagem: reprodução / divulgação)
A bulldog Mel, durante o processo de reabilitação. (veja o vídeo abaixo)
Atualmente são diversos casos de animais que estavam com doenças terminais e se recuperaram após tratamentos com células-tronco. Um exemplo é a Mel, uma bulldog de sete meses de vida, que tinha cinomose, uma doença degenerativa, que acomete a maior parte das vezes o sistema nervoso dos animais. Para tristeza de seu dono, os veterinários já haviam indicado a eutanásia e ele então recorreu para o tratamento de células-tronco, como última opção. Hoje, a cachorrinha corre e brinca em casa.

Outro exemplo é a Hanna, uma gatinha de cinco anos de idade, que sofria de doença renal crônica e aplasia medular (quando a medula para de produzir todos os tipos celulares, células brancas, vermelhas e plaquetas), ela também tinha os dias contados. Mas, atualmente, Hanna é uma gatinha saudável que brinca diariamente com o seu irmão.

Já Fábio, um gato de 14 anos, que foi acometido pela doença renal crônica e a insuficiência pulmonar, hoje, um animal saudável que nunca mais precisou fazer fluidoterapia para normalizar seus índices de ureia e creatinina, nem tão pouco utilizar bombinha para melhorar seu quadro respiratório.

O que estes animais têm em comum além do amor de seus donos? O tratamento com células-tronco. No Brasil e também na América Latina, a Celltrovet é a primeira empresa de pesquisa, desenvolvimento e inovação em terapia celular com células-tronco. A companhia oferece serviços direcionados ao mercado veterinário tanto de pequenos como de grandes animais.

A empresa trata animais acometidos por doença renal crônica, aplasia medular, lesões tendíneas e ligamentares, sequelas neurológicas de cinomose, fraturas e não-união óssea, lesão de coluna, osteoartrites e osteoartrose. De acordo com a Celltrovet, foram tratados mais de 300 animais com uma taxa de sucesso superior a 80%.

Fundada há 10 anos e detentora de uma tecnologia de ponta, que permite a extração, isolamento e caracterização de células-tronco adultas, a companhia apresenta uma tecnologia inovadora no mercado: um tratamento composto por 100% de células-tronco, isoladas de gordura, o que resulta em um tratamento mais eficiente e uma recuperação mais rápida e segura do animal.

“Em nosso tratamento, aplicamos o composto no animal por meio de rígidos protocolos de aplicação. Esta grande concentração e a qualidade das células resultam em uma maior eficiência no tratamento, com menor tempo de recuperação do animal, assim como, a qualidade do tecido regenerado”, explica Dr. Enrico J. C. Santos, uma das maiores autoridades do mundo em células-tronco animal. “Além disso, o cliente tem também a opção de armazenar as células-tronco do seu animal para um tratamento futuro”, completa.

Com ampla experiência adquirida por meio de pesquisas realizadas e obtendo resultados surpreendentes, que estão sendo utilizados para melhorar a qualidade de vida de animais, a empresa é hoje referência em tratamento veterinário regenerativo, garantindo a segurança e eficácia do tratamento.

“Durante os últimos anos um grande número de pesquisadores tiveram suas atenções voltadas para o estudo das células-tronco. Devido a suas principais características de auto-renovação e diferenciação surgiram inúmeras perspectivas no campo científico, com o surgimento da medicina regenerativa, que trabalha com a regeneração dos tecidos lesionados pela introdução local das células-tronco. Este fato abriu uma grande perspectiva no campo veterinário, pois possibilita a cura de lesões até então crônicas ou sem perspectiva como lesões nervosas, artrites, lesões nos tendões e ruptura de ligamentos suspensórios, assim como várias doenças até então sem grande perspectiva”, conclui o Dr. Enrico.

Veja o vídeo do processo de recuperação da bulldog Mel:
Fonte: Life Assessoria
Animais são salvos com tratamento de células-tronco Animais são salvos com tratamento de células-tronco Reviewed by Redação on 6/05/2014 12:20:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-