Pesquisa revela como está o cansaço dos brasileiros


Estudo inédito aponta que 98% dos brasileiros estão cansados e indicam o estresse e a correria do dia a dia como principais motivos

(Foto: Getty Images)
Imagem ilustrativa
O ritmo acelerado da rotina tem deixado a população cada vez mais sem disposição. Esse cenário foi mostrado em pesquisa solicitada pelo Grupo Sanofi, à Conectaí – empresa do IBOPE Inteligência. De acordo com o levantamento, em sua rotina, 98% dos brasileiros se sentem um pouco ou muito cansados mental e fisicamente.

Por uma diferença pequena em comparação com os homens, as mulheres encabeçam esse resultado – o que reforça o fato de assumirem cada vez mais responsabilidades. 98% das mulheres declaram-se cansadas, contra 97% dos homens.

Os jovens entre 20 e 29 anos formam o grupo que se sente mais cansaço – 99% deles apontaram que se sentem um pouco ou muito fatigados mental e fisicamente. Outro dado que chama a atenção é como cada região brasileira avaliou seu estado. O Sudeste foi a região onde as pessoas mais se avaliaram como cansadas: 65% dos pesquisados, seguido pelo Centro-Oeste e o Norte, com 62%.

Quanto às camadas sociais, 63% dos entrevistados da classe B responderam que se sentem cansados. Esse item também ganhou evidência nas classes C/D/E, com 59% das respostas. Embora a maioria (63%) das pessoas já acorde com algum nível de indisposição, é no período da tarde e da noite que elas se sentem mais fatigadas, 36% e 34%, respectivamente.

O estudo revelou também as principais causas dessa fadiga. O estresse e a correria do cotidiano ficaram no topo dos motivos elencados pelos entrevistados. A falta de condicionamento físico, problemas pessoais, alimentação desequilibrada, acomodação e preguiça sem motivo, problemas no trabalho e de saúde apareceram na sequência. Já os 2% que se dizem dispostos destacaram o bom sono, o equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional, e a alimentação equilibrada como as três principais causas de seu vigor. Outro destaque está relacionado à prática de atividades físicas, apontando o alto número de pessoas que não fazem exercícios regularmente – 74% delas.

“O equilíbrio em todas as tarefas do dia, um sono regrado e uma alimentação balanceada são o que a maioria das pessoas busca para alcançar a qualidade de vida ideal. Ter disposição para manter a disciplina de uma vida saudável, com tempo para aproveitar o que é importante para cada um, nem sempre é tarefa fácil. Por isso, cada pessoa deve avaliar sua rotina e buscar maneiras de ter mais disposição mental e física para fazer aquilo de que gosta”, explica Patrícia Macedo, gerente de Marketing da Unidade CHC da Sanofi.

Outro destaque da pesquisa é o tipo de fadiga que a população está sentindo – 54% disseram que se sentem mental e fisicamente cansados, 26% apenas mentalmente e 20% fisicamente. O cansaço da mente também fica à frente da fadiga do corpo, quando se analisam homens e mulheres isoladamente. Essa sensação é ainda mais evidente nas pessoas de 20 a 29 anos.

Mesmo quando o assunto é diversão, apenas 17% da população diz ter um nível alto de disposição para desempenhar atividades de lazer. Esse número sobe um pouco quando se trata de trabalhar e estudar – 19% das pessoas dizem ter bom ânimo para esses afazeres. Em contrapartida, 14% das pessoas preferem não fazer nada a fazer algo que as façam despender energia mental e física ao chegar em casa. Há também quem evite se deslocar por cansaço. Mais da metade dos entrevistados disseram que às vezes, frequentemente ou sempre deixam de se locomover por falta de disposição.

A fadiga pode ter consequências sérias na vida das pessoas. Exemplo disso é o dado que indica que 61% dos analisados deixam de cumprir obrigações com alguma frequência, devido ao cansaço. Ao avaliar o quanto isso afeta o humor, 72% disseram que essa relação acontece às vezes, frequentemente ou sempre. O mesmo acontece na vida sexual – 49% responderam que há certa relação entre os dois temas.

Para finalizar, foi avaliado ainda como está a qualidade de vida dos brasileiros e sua relação com o bem-estar. Apenas 43% da população avalia esse quesito como bom ou ótimo, 46% consideram-no regular e 11% ruim ou péssimo.

A pesquisa entrevistou 1.499 pessoas em outubro de 2013, sendo homens e mulheres de 18 a 64 anos, classes ABCD, amostra nacional nas principais capitais do país.

Fonte: Starbrands

Pesquisa revela como está o cansaço dos brasileiros Pesquisa revela como está o cansaço dos brasileiros Reviewed by Redação on 11/21/2013 05:38:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-