Teste seu conhecimento sobre anticoncepcionais de longa ação


Você sabe o que são esses métodos? Para que servem e quais são suas vantagens?  Responda às perguntas abaixo e veja se você está bem informada sobre o assunto

(Foto: Getty Images)
Imagem ilustrativa
1- Os métodos anticoncepcionais de longa ação...

a) São alternativas cirúrgicas que eliminam completamente a possibilidade de a mulher engravidar.

b) Oferecem à mulher a opção de evitar uma gravidez não planejada por um período mais longo de tempo, podendo ser reversíveis a qualquer momento quando houver necessidade.

Os métodos anticoncepcionais de longa ação são reversíveis. Isto é, oferecem à mulher a opção de evitar uma gravidez não planejada por um período mais longo de tempo, podendo retornar a fertilidade a qualquer momento quando houver necessidade. Alternativa correta: B.


2- Estão entre os anticoncepcionais de longa ação:

a) O implante subcutâneo, o dispositivo intrauterino (DIU), o sistema intrauterino (SIU) e um tipo de injetável.

b) O anel vaginal mensal e o adesivo cutâneo semanal.

Entre os anticoncepcionais de longa ação estão um tipo de injetável; o implante subcutâneo; o sistema intrauterino (SIU) e o dispositivo intrauterino (DIU). Alternativa correta: A.


3- A esterilização feminina (laqueadura das trompas uterinas) pode ser considerada um método de longa ação?

a) Sim.

b) Não.

Não. A esterilização feminina (laqueadura das trompas uterinas) é considerada um método permanente ou definitivo, pois sua reversão é um procedimento complicado e realizado para reverter uma decisão tomada de forma equivocada. Alternativa correta: B.


4- O período de ação dos anticoncepcionais de longa ação...

a) É semanal, como é o caso do adesivo cutâneo, ou mensal, como ocorre com o anel vaginal, por exemplo.

b) Pode ser de três meses ou durar anos: três, cinco ou 10 anos.

O período de funcionamento dos contraceptivos de longa ação varia de três meses a 10 anos, dependendo de cada método: o injetável trimestral; o implante subcutâneo que age por até 3 anos; o sistema intrauterino (SIU) com ação de 5 anos; o dispositivo intrauterino (DIU), cujo período de uso pode variar de 5 a 10 anos. Alternativa correta: B.


5- Esses contraceptivos de longa ação...

a) Contém hormônios femininos para evitar a gravidez.

b) Estão disponíveis em opções com ou sem hormônio.

Os métodos de longa ação podem ser hormonais ou não. O implante contraceptivo, o sistema intrauterino (SIU) e o injetável trimestral são opções livres de estrogênio, contendo, em sua composição, apenas o derivado do hormônio natural progesterona, muito semelhante aos presentes nas pílulas anticoncepcionais que apresentam essa mesma formulação. Já o dispositivo intrauterino (DIU) é uma alternativa que não contém hormônios. Alternativa correta: B.


6- Após o início de uso de um contraceptivo de longa ação:

a) A mulher não pode fazer a remoção do método antes do vencimento de sua duração.

b) A mulher pode interromper o uso do método a qualquer momento para recuperar sua fertilidade e tentar engravidar.

Após a adoção de um método de longa ação, a mulher pode interromper o uso a qualquer momento por qualquer motivo, inclusive para tentar engravidar. A recuperação da fertilidade ocorre com rapidez em seguida à retirada dos métodos, permitindo uma gestação na sequência caso não haja fatores clínicos precedentes que dificultem a concepção. A única exceção é o injetável trimestral, pois, com esse contraceptivo, o retorno da ovulação é mais lento, em torno de 5,5 meses, vencido o prazo de eficácia. Alternativa correta: B.


7- Esses métodos de longa ação são considerados os mais eficazes entre todos os anticoncepcionais.

a) Verdadeiro.

b) Falso.

Os anticoncepcionais de longa ação são considerados um dos mais eficazes entre todos os anticoncepcionais. O implante subcutâneo, por exemplo, é considerado o anticoncepcional mais seguro de todos, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Ele é mais eficaz até que a laqueadura das trompas uterinas. Entre os contraceptivos hormonais de longa ação, o implante tem também o maior índice de eficácia (99,95%) na comparação com o sistema intrauterino (SIU), com o injetável trimestral (99,8% ambos) e com o DIU (99,4%). Alternativa correta: A.


8- A eficácia  dos contraceptivos de longa ação está associada:

a) Ao fato de serem mais modernos.

b) À sua praticidade, facilidade de uso, por não exigirem uma ação diária ou regular da mulher.

A eficácia dos contraceptivos de longa ação está associada ao fato de não exigirem uma atitude diária ou regular da mulher para serem usados corretamente e funcionar, garantindo o efeito anticoncepcional durante o período de atuação. Alternativa correta: B.


9- Todos esses métodos de longa ação exigem internação da mulher para colocação:

a) Sim.

b) Não.

A inserção do implante subcutâneo, do dispositivo e do sistema intrauterino (DIU e SIU) ocorre através de procedimento simples e rápido no consultório médico. A aplicação do injetável trimestral também é realizada por profissional de saúde habilitado. Alternativa correta: B.


10- São situações em que os anticoncepcionais de longa ação podem ser adotados:

a) Durante a amamentação e para algumas doenças que contraindicam o uso de anticoncepcionais hormonais combinados, como pressão alta, enxaquecas e risco para doenças do coração. Mas também podem ser utilizados por mulheres sem estas doenças.

b) Não há restrições para adesão a esses métodos.

Os anticoncepcionais hormonais de longa ação não contêm, em sua composição, um derivado do estrogênio e, por isso, conforme orientação médica, podem ser adotados por mulheres com contraindicação para o uso desse hormônio: que amamentam; fumam e têm mais de 35 anos; que apresentam fatores múltiplos de risco para a doença cardiovascular, como pressão alta, diabetes e tabagismo; e enxaquecas complicadas. Alternativa correta: A.


11- Os contraceptivos de longa ação proporcionam a suspensão da menstruação para todas as mulheres.

a) Verdadeiro.

b) Falso.

Não se pode afirmar que os contraceptivos de longa ação garantem a suspensão da menstruação. A ocorrência de sangramento irregular é comum a todos esses métodos, principalmente no início do uso:

O injetável trimestral apresenta frequentemente alterações do fluxo menstrual como manchas na calcinha, sangramento mais intenso(raro) ou ausência de menstruação - ocorre em mais de 50% dos casos do segundo ano em diante.

Com o implante, pode ocorrer sangramento irregular especialmente ao longo do primeiro ano. Após este período ocorre uma melhora na regularidade dos sangramentos e 25% delas podem ficar sem menstruação (amenorreia).

No caso do sistema intrauterino (SIU), pode ocorrer sangramento irregular principalmente nos primeiros meses. Após um ano de uso 20% a 50% das usuárias podem apresentar amenorreia. Isso ocorre em função da ausência de um derivado do estrogênio na composição desses métodos, que são formulados apenas com progestagênio (tipo sintético do hormônio natural feminino progesterona). E não é algo específico aos contraceptivos de longa ação, pois o mesmo acontece com as pílulas anticoncepcionais que também não têm estrogênio em sua composição.

Com relação aos métodos de longa ação que não contêm hormônio:

Após a colocação do DIU, especialmente durante os primeiros meses, pode haver sangramento mais intenso e irregular acompanhado de cólicas menstruais.
Alternativa correta: B.


Avalie seu desempenho:

- De 8 a 10 pontos: Parabéns, você parece ser bastante informada sobre os métodos de longa ação! Continue atualizada sobre esse tema e, agora que você é expert no assunto, aproveite para comentar com as amigas, familiares e conhecidas sobre a importância de a mulher conhecer as particularidades dos anticoncepcionais para a escolha mais adequada a seu perfil. E lembre-se sempre de que a orientação médica é fundamental para o uso correto e seguro de qualquer contraceptivo.

- De 5 a 7 pontos: Seu conhecimento sobre os contraceptivos de longa ação é mediano. Aproveite essa oportunidade para aprofundar as informações e leve até seu médico outras possíveis dúvidas para você ficar bem esclarecida sobre as opções que estão disponíveis atualmente! Isso é importante para que você possa decidir de forma segura, junto com o profissional de saúde, o anticoncepcional que mais se adapta às suas necessidades.

- De 2 a 4 pontos: Você precisa melhorar seus conhecimentos sobre os anticoncepcionais de longa ação! Converse com o seu médico, apresente suas dúvidas e questione-o sobre os métodos disponíveis. Existe um método adequado a cada mulher! E o profissional de saúde é a melhor fonte de informação sobre esse assunto e pode orientá-la sobre as alternativas possíveis e mais apropriadas para você.

- De 0 ou 1 pontos: Atenção! Conhecer as opções de métodos anticoncepcionais disponíveis é essencial para que a mulher escolha, respeitando as orientações médicas, a alternativa mais adequada à sua realidade de vida. Portanto, busque mais informações sobre os contraceptivos, sejam eles de longa ação ou não. Converse com o seu médico, tire todas as dúvidas e exerça seu direito de escolha!

Especialista consultado: Cristina Guazzelli, ginecologista e professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Fonte: Ketchum
Teste seu conhecimento sobre anticoncepcionais de longa ação Teste seu conhecimento sobre anticoncepcionais de longa ação Reviewed by Redação on 9/18/2013 01:17:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-