Diabetes pode contribuir para perda auditiva


Pessoas diabéticas têm mais chance de desenvolver problemas auditivos 

(Foto: Getty Images)
Imagem ilustrativa
Pessoas que são diagnosticadas com diabetes, desde o início,  independente da idade, já estão cientes de alguns riscos que correm se não controlarem de forma saudável e correta o nível de insulina no organismo. O que pouco se comenta é que essa enfermidade pode, muitas vezes, contribuir também para a perda auditiva se não for tratada com devida atenção.

Já foram encontradas provas de que o diabetes está ligado ao aumento do risco de problemas cardiovasculares, nos rins e na perda da visão, e estudos científicos apontam que a doença também tem relação com a perda da audição confirmando a interferência do diabetes no sistema auditivo. Em 2008, pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos verificaram padrões semelhantes em um conjunto de 11 mil pessoas. “Os resultados do levantamento mostraram que os diabéticos têm duas vezes mais chance de perderem a audição que os indivíduos saudáveis”, comenta a otorrinolaringologista e ortoneurologista Dra. Rita de Cássia Cassou Guimarães, otorrinolaringologista e otoneurologista, mestre em clínica cirúrgica pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O problema em questão pode ocorrer em qualquer idade e pode estar presente também em pessoas não diabéticas que sofrem de hipoglicemia reativa, que se caracteriza por queda significativa da glicose no sangue após a ingestão de doces.

(Foto: divulgação)
Dra. Rita de Cássia Guimarães
A especialista explica que em uma pessoa diabética, a falta de controle glicêmico pode levar a alterações vasculares que comprometem o ouvido, afetando principalmente a percepção dos sons mais agudos. “Os vasos sangüíneos que irrigam o ouvido são muito pequenos e a perda de flexibilidade dos glóbulos alterados pela glicemia torna difícil que eles consigam atravessar esses vasos muito pequenos”, ressalta.

Outra sequela envolvendo a audição e que pode acontecer com o diabético é a surdez súbita, quando o paciente perde de repente a audição em um dos ouvidos. Esse problema muitas vezes pode ser corrigido se for tratado como emergência e feito um tratamento imediato com vasodilatadores.

Apesar de vários estudos sobre o assunto, a associação entre o diabetes e a redução da capacidade auditiva ainda não é um consenso entre os médicos. Ao mesmo tempo em que alguns estudos demonstram uma frequência mais elevada do sintoma em pacientes diabéticos, existem outros que não conseguiram comprovar esta associação. "O motivo ainda não está completamente esclarecido. Acredita-se que seja uma associação entre o acometimento do sistema nervoso periférico e as lesões vasculares, causadas pelo diabetes", explica a especialista.

Enquanto as investigações científicas não chegam a um consenso, vale a pena colocar em prática um velho conselho dado por otorrinolaringologistas: controlar a glicemia. "Isto pode ser feito com dieta adequada, atividade física, medicações orais e, em alguns casos, insulina", recomenda a médica.

Fonte: Toda Comunicação
Diabetes pode contribuir para perda auditiva Diabetes pode contribuir para perda auditiva Reviewed by Redação on 6/17/2013 12:24:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-