Recuperação na água acelera reabilitação em pacientes ortopédicos e neurológicos


Fisioterapeuta explica os benefícios da 'hidroterapia', técnica que vem sendo bastante utilizada em diversas clínicas

(Foto: Getty Images) 
Imagem ilustrativa
A reabilitação física em piscinas é uma atividade que vem sendo cada vez mais utilizada em clubes esportivos de ponta e clínicas de fisioterapia especializadas. Conhecida como hidroterapia, esta técnica propicia uma recuperação mais rápida e eficiente, acelerando o processo de reabilitação em pacientes ortopédicos e neurológicos.

O fisioterapeuta Carlos Eduardo Junqueira, diretor da Clínica Lituânia, ressalta que os benefícios de se trabalhar em piscina são enormes, desde as propriedades físicas da água até os benefícios físicos e mentais que esta promove. “A facilidade de se trabalhar na água promove o aumento da amplitude do movimento (ADM), aumento de força muscular, melhora do equilíbrio e da coordenação motora. Além disso, acelera o processo de recuperação pós-operatória em pacientes ortopédicos, promove um relaxamento muscular global, melhora da capacidade respiratória e da circulação sanguínea e ajuda a manter e melhorar a condição física e psicológica durante a fase de tratamento”, explica o fisioterapeuta.

Não somente pacientes ortopédicos se beneficiam do tratamento na água. A hidroterapia, segundo o especialista, é importante para a recuperação de paciente com diagnósticos neurológicos como: acidente vascular cerebral (AVC), paralisia cerebral, hidrocefalia, traumatismo crânio-encefálico (TCE), sequelas de meningite, poliomielite, ELA ( Esclerose Lateral Amiotrófica), atraso no desenvolvimento motor, mal de Parkinson, ente outros.

“Os pacientes neurológicos são beneficiados na hidroterapia, pois utilizando técnicas específicas para cada diagnóstico é possível alcançar resultados importantes na recuperação física e mental do indivíduo. A água em contato com o corpo promove reações fisicas, nervosas, circulatórias e térmicas”, explica.

Junqueira destaca que a hidroterapia também é importantíssima no tratamento de cadeirantes e portadores de necessidades especiais. “Realizamos os atendimentos em piscina aquecida e com profissionais altamento qualificados e preparados para atender todos os pacientes, sejam eles em estado de pré e pós-operatório, gestantes, pacientes obesos, idosos, portadores de artrite e artrose, osteopenia, fibromialgia, reabilitação em lesões musculares e articulares, pacientes portadores de próteses, pacientes com déficit de marcha / equilíbrio e de coordenação motora, protusão ou hérnias de disco, espondilolistese, compressões vertebrais, dores agudas ou crônicas em coluna vertebral, condicionamento cardiorespiratório, atrofias musculares e limitações de movimentos (ADM), disfunções circulatórias/respiratórias e dores em geral”, conclui.

Fonte: Libris
Recuperação na água acelera reabilitação em pacientes ortopédicos e neurológicos  Recuperação na água acelera reabilitação em pacientes ortopédicos e neurológicos  Reviewed by Redação on 5/23/2013 12:57:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-