Copa: Ministério do Turismo investe R$ 25,3 milhões em qualificação profissional


Convênios com estados e municípios oferecem qualificação para profissionais de todas as áreas que lidam diretamente com turistas

O Ministério do Turismo está investindo R$ 25,3 milhões em projetos de qualificação profissional nos estados e cidades-sede da Copa do Mundo. Os projetos são implementados por meio de convênios com estados e municípios e objetivam oferecer formação específica aos profissionais que lidam diretamente com os turistas no dia-a-dia: taxistas, guardas municipais, permissionários de mercados públicos, salva-vidas, policiais, artesãos e baianas que vendem acarajé, entre outros.

Ao todo, foram aprovados 18 convênios que beneficiarão 19.550 profissionais em 13 cidades e dois estados: Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Belém, Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes (PE), Rio de Janeiro, Natal, Porto Alegre, Florianópolis e Balneário Camboriú (SC), além de destinos consolidados de São Paulo e Rio Grande do Sul.

“O próximo passo é realizar convênios com os municípios que ficam no entorno das cidades-sede. São aproximadamente 120 destinos com influência direta ou indireta para os turistas da Copa, seja pela proximidade, seja por abrigarem Centros de Treinamento, por exemplo”, explicou o secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota.

Taxistas, seguranças e idiomas
O Rio de Janeiro, que, além da Copa, sediará também os Jogos Olímpicos de 2016, foi contemplado com três convênios, com investimento total de R$ 3,8 milhões. Dos 2.740 profissionais que serão capacitados, 1.000 são taxistas. São Paulo receberá R$ 2,4 milhões para formar, em inglês e espanhol, 1.200 profissionais do receptivo turístico do entorno da região metropolitana.

Natal, Salvador e Fortaleza também qualificarão taxistas: na capital potiguar, serão 400 profissionais, em convênio no valor de R$ 440,9 mil; na capital baiana, outros 1.020 trabalhadores, com investimento de R$ 1,1 milhão do Ministério do Turismo; e na capital cearense serão oferecidas mais 600 vagas, com recursos da ordem de R$ 878,5 mil por parte do MTur. Seiscentos vendedores ambulantes soteropolitanos também entram no pacote de investimentos (convênio no valor de R$ 1 milhão), bem como 1.420 profissionais de segurança pública de Brasília (repasse de R$ 2,3 milhões) e 2.330 de Belo Horizonte (repasse de R$ 915,6 mil). A capital mineira também celebrou um segundo convênio, no valor de R$ 307,2 mil, para qualificar 350 profissionais, e Belém (PA) carimbou R$ 653,9 mil para 450 vagas.

Em Pernambuco, o total investido já chega a R$ 1,9 milhão para qualificação profissional nas cidades de Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes. Serão contemplados 530 barraqueiros de coco, 200 profissionais de segurança pública e 1.200 taxistas.

Na região sul do país, Porto Alegre e Florianópolis garantiram recursos da pasta para aprimorar recursos humanos com foco na Copa. Porto Alegre receberá R$ 3,44 milhões (2.400 vagas) e Florianópolis e Balneário Camboriú terão, juntas, R$ 2,6 milhões (1.700 vagas). Outros destinos consolidados do estado gaúcho também carimbaram mais 2.400 oportunidades de qualificação, em convênio no valor de R$ 3,41 milhões.

Os recursos complementam a oferta do Pronatec Copa, vertente do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, realizado em parceria com o Ministério da Educação. A meta do programa é qualificar 240 mil profissionais de 199 municípios brasileiros até 2014, com cursos para 29 ocupações de base do setor.

Fonte: Ministério do Turismo
Copa: Ministério do Turismo investe R$ 25,3 milhões em qualificação profissional Copa: Ministério do Turismo investe R$ 25,3 milhões em qualificação profissional Reviewed by Redação on 2/02/2013 04:51:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-