Unifesp possui “fila zero” para transplante de córnea


Com potencial de triplicar, instituição realiza mensalmente 30 transplantes

(Foto: Unifesp/Divulgação)
Campus da Unifesp na Vila Clementino
O Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), atuando desde 1937 e sendo referência na realização de transplantes, oferece vagas para pacientes com indicação para transplante de córnea, sem fila de espera.

A instituição realiza cerca de 30 transplantes de córnea por mês, com potencial para triplicar esse número. Pacientes de outras regiões do País também podem procurar o serviço e fazer o transplante por meio do sistema Tratamento Fora de Domicílio (TFD), oferecido pelas secretarias de saúde de cada estado.

O prazo para a realização da cirurgia é, em média, de até 30 dias, levando-se em conta a análise do estado clínico geral do paciente e a realização dos exames necessários para o procedimento.

De acordo com a oftalmologista Myrna Serapião, chefe do Setor de Córnea do Departamento, várias doenças podem prejudicar a córnea e levar à indicação de um transplante. Entre elas o ceratocone, doença caracterizada pelo afinamento e aumento da curvatura da córnea.

De causa não inflamatória, a incidência na população varia de 50 a 230 casos para cada 100 mil habitantes e costuma-se evidenciar a partir dos 20 anos de idade. “Inicialmente, o ceratocone pode ser corrigido com óculos ou lentes de contato, mas, em estágio avançado, é necessário o transplante de córnea”, explica. “Processos inflamatórios ou infecciosos, complicações cirúrgicas, traumas e doenças congênitas também podem levar ao comprometimento corneano”.

A chefe do setor de córnea alerta que a população precisa ficar atenta à ocorrência de alterações oculares como troca frequente do grau dos óculos, redução da visão, associada ou não à dor, que podem sugerir doenças da córnea. “É fundamental para a saúde visual que as pessoas passem por avaliações anuais com um especialista”, afirma.

Onde procurar:
Departamenro de Oftalmologia da Unifesp – Ambulatório de Córnea
Rua Botucatu, 821, 1º andar – Vila Clementino, São Paulo
Telefone: (11) 5085-2061

Fonte: Unifesp
Unifesp possui “fila zero” para transplante de córnea Unifesp possui “fila zero” para transplante de córnea Reviewed by Redação on 10/19/2012 10:30:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-