Última aparição de Tinoco na TV vai ao ar no 'Viola, Minha Viola' neste domingo

Cantor fez sua última gravação nesta semana, dois dias antes de morrer. Vai ao ar no domingo (6), às 9h

Por Dayanne Sousa

(Foto: Jair Magri / TV Cultura)
Tinoco ao lado de Inezita Barroso
O programa Viola, Minha Viola, da TV Cultura, prepara uma grande homenagem a um dos maiores nomes da música caipira: Tinoco. O cantor, que formou uma dupla célebre ao lado de Tonico, morreu nesta sexta-feira (4), aos 91 anos. Um programa especial e inédito, gravado com Tinoco apenas dois dias antes de ele morrer, vai ao ar na TV Cultura neste domingo (6), às 9h.

Na quarta-feira (2), Tinoco gravou sua última participação na TV ao lado da cantora e apresentadora Inezita Barroso. Ele foi lembrado em vida por grandes convidados. O repertório da dupla Tonico e Tinoco foi cantado por Divino e Donizete, Duo Glacial, Mazinho Quevedo e Adrielli, Ivan Lobo e Vitor César, além do sanfoneiro Zé Cupido.

“Tinoco é tudo. Ele e o irmão foram os grandes nomes da música caipira. As músicas deles encantaram o país inteiro. O sucesso deles influenciou todos homens e mulheres do campo. Aliás, eles ultrapassaram essa barreira e fizeram muito sucesso na cidade. É uma música verdadeira, que vinha do coração. Tinoco era simples, humilde, alegre e genial”, diz Inezita Barroso.

Em razão da homenagem, o programa com Luiz Vieira, Canário e Passarinho, Michelle e Karoline e Os Dois Mineiros será exibido em outra oportunidade.

Homenagem na web

A história de 32 anos do Viola, Minha Viola tem muito a ver com Tinoco. Entre tantos programas, Tinoco participou, inclusive, do primeiro, em abril de 1980.

As imagens e vídeos dessas passagens de Tinoco pelo programa farão parte de uma homenagem que a TV Cultura prepara também na internet, no cmais.com.br/viola.

História da dupla

Formada por dois irmãos nascidos na região de Botucatu (SP), a dupla Tonico e Tinoco trabalhava no campo e foi influenciada pelos discos da série caipira do produtor Cornélio Pires. Na adolescência, compraram uma viola e passaram a cantar em serenatas, festas e bailes da região.

Em 1943, foram para São Paulo, onde participaram de programas de calouros no rádio, sem sucesso. Só mais tarde, por meio de um concurso promovido por Capitão Furtado na Rádio Difusora, ganharam o primeiro lugar, com a música Adeus, Campina da Serra (R. Torres/C. Pires). Por sugestão do próprio Capitão Furtado, adotaram o nome artístico Tonico e Tinoco.

O primeiro disco veio em 1944, com o cateretê Em Vez de Agradecer (Furtado/J.Martins/Aimoré). Os primeiros sucessos vieram com Percorrendo o Meu Brasil, Cana Verde e Canoeiro. Tonico e Tinoco tornaram-se uma das duplas sertanejas mais populares e tradicionais do Brasil, participando de seis filmes e fazendo shows por todo o Brasil.

Algumas de suas músicas mais populares são Chico Mineiro, Moreninha Linda, Mourão da Porteira, Tristeza do Jeca, Boiada Cuiabana, Canta Moçada. A carreira da dupla Tonico e Tinoco já havia se encerrado em 1994, com a morte de Tonico (João Salvador Pérez). Tinoco seguia carreira solo. Em 2012, completaria 67 anos de carreira.
Última aparição de Tinoco na TV vai ao ar no 'Viola, Minha Viola' neste domingo Última aparição de Tinoco na TV vai ao ar no 'Viola, Minha Viola' neste domingo Reviewed by Redação on 5/04/2012 04:57:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-