Mais de 50% das mulheres sofrem com dores nas costas durante a gestação

Problema acontece devido as mudanças da estrutura corporal no período de gravidez

(Foto: Getty Images)
Uma das maiores queixas das mulheres na gravidez são as dores lombares. Vários estudos relataram que mais de 50% sofrem com problemas nas costas durante os 9 meses de gestação, sendo que 75% não tinham histórico de dores lombares antes de engravidarem. Muitas mulheres grávidas consideram que essas dores sejam uma parte normal da gravidez e esperam que desapareça espontaneamente após o parto, mas a literatura e estudos revelam que a condição deve ser considerada como um evento a se prestar atenção e que cuidados especiais podem evitar problemas contínuos depois da gestação. Para algumas mulheres, as dores lombares na gravidez podem ser o início de um problema crônico, causando prejuízo físico considerável.
(Foto: divulgação)
Dr. Eduardo Ito
O problema acontece pelas importantes mudanças da estrutura corporal da mulher. Com o desenvolvimento e crescimento do bebê, o centro de gravidade da gestante se desloca para frente, e para compensar essa mudança ela curva-se para trás, aumentando sua curvatura lombar (lordose). "Além desta compensação postural, atividades diárias exigem forças do corpo de forma diferente da época em que a mulher não estava grávida. Sem um preparo muscular adequado certamente vai acontecer uma sobrecarga na coluna, gerando desconforto e dores" - explica o fisioterapeuta Eduardo Ito, especialista da clínica Equilíbrio Fit&Fisio, ligada ao Instituto de Patologia da Coluna em São Paulo.

Com o consentimento médico são indicadas atividades físicas leves que mantém a futura mamãe física e psicologicamente saudável. Exercícios de baixo impacto como caminhadas, hidroginástica, natação e yoga são ideais para a manutenção e aprimoramento da musculatura, o que auxilia a uma natural readaptação do corpo à nova estrutura. Alongamentos realizados de forma correta e orientados por um especialista são sempre fonte de relaxamento e alívio de dores localizadas, e nesse caso vale uma dica do fisioterapeuta Eduardo: "Utilize os alongamentos, mas não abuse, pois com as mudanças hormonais acontece uma leve frouxidão dos ligamentos dos músculos. Quando as dores são inevitáveis, programas personalizados de fisioterapia e massoterapia são úteis para alívio e contínua prevenção".

Apesar de estar fisicamente apta a realizar diversas tarefas, a gestante deve tomar cuidados redobrados para evitar acidentes, pois com as mudanças que ocorrem no corpo feminino nessa época os problemas são mais recorrentes. Uma das recomendações é usar sapatos baixos, além de mais confortáveis, são mais seguros, evitando deslizes ou escorregões.

Em especial o especialista também salienta que a mamãe deve ter uma boa alimentação para que o bebê possa se favorecer dos nutrientes e se desenvolver de forma saudável. É necessário colocar no cardápio muitas frutas e evitar alimentos muito gordurosos. "Para as fumantes nessa época é importante esquecer o cigarro e se preservar de altos níveis de estresse e esforço físico. A grávida deve continuar interada com tarefas cotidianas e corporais, a única coisa que ela precisa é ter mais cuidados com sua coluna e seu corpo de modo geral, transformando esse período em uma época prazerosa e inesquecível", completa o fisioterapeuta.

Fonte: Foco Press
Mais de 50% das mulheres sofrem com dores nas costas durante a gestação Mais de 50% das mulheres sofrem com dores nas costas durante a gestação Reviewed by Redação on 5/26/2012 07:47:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Fale com a redação: contato@portaltelenoticias.com

-

Publicidade

-